Há mais dez mortes e 1.778 novos casos de infeção em Portugal pelo novo coronavírus. São estes os dados divulgados esta quarta-feira, 8 de setembro, pela Direção-Geral da Saúde (DGS), no novo boletim epidemiológico referente à evolução da crise sanitária no País.

O uso obrigatório de máscara vai continuar, para já, de acordo com a diretora-geral de Saúde, Graça Freitas. "Teremos de continuar a usar máscaras em situações específicas", disse a diretora-geral de Saúde na audição do Grupo de Epidemiologia da DGS que decorreu esta quarta-feira, 8, na Assembleia da República, de acordo com a TVI24.

Portugal tem 85% da população vacinada com uma dose. DGS traça três cenários
Portugal tem 85% da população vacinada com uma dose. DGS traça três cenários
Ver artigo

A obrigatoriedade de usar máscara ao ar livre acaba a 12 de setembro, conforme o que está previsto na lei da Assembleia da República, e Graça Freitas afirma que a medida tem os dias contados.

Contudo, estão previstas algumas exceções em que as máscaras no exterior vão continuar a ser imprescindíveis. É o caso do recreio nas escolas, eventos ou outras situações em que o distanciamento social não é possível manter. A diretora-geral da Saúde lembra ainda que é importante "a mobilização social e a ética dos cuidados individuais de cada um".

Também esta quarta-feira, 8, foi criado pela Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) o programa "Luz para a noite do Porto" com o objetivo de apoiar os bares e discotecas da cidade do Porto que estão fechados desde março de 2020. O programa vai apoiar cada estabelecimento em 50 mil euros e, para conseguirem o apoio, os bares e discotecas têm de "ter CAE de bar e/ou discoteca e situação regularizada na Segurança Social, nas Finanças e junto da Câmara do Porto", diz a AHRESP em comunicado enviado às redações.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.