Há mais 79 mortes e 6.049 novos casos de infeção em Portugal pelo novo coronavírus. São estes os dados divulgados esta quarta-feira, 30 de dezembro, pela Direção-Geral da Saúde (DGS), no novo boletim epidemiológico.

Ainda esta quarta-feira, 30, foi conhecido o caso de infeção com COVID-19 de um enfermeiro norte-americano, de 45 anos, que tomou a vacina da Pfizer/BioNTech a 18 de dezembro. O teste deu positivo mais de uma semana após a toma do fármaco.

O infecciologista Christian Ramers disse à "ABC News" que o enfermeiro já podia estar infetado antes da toma da vacina, mas também não exclui a hipótese de a infeção ter ocorrido depois, uma vez que a primeira dose apenas protege 50% contra o novo coronavírus e só com a segunda é possível atingir uma eficácia de 95%.

"Sabemos pelos ensaios clínicos da vacina que vai demorar cerca de 10 a 14 dias para começar a desenvolver proteção contra a vacina", explica Christian Ramers.

Saiba como vai estar o tempo na semana da Passagem de Ano
Saiba como vai estar o tempo na semana da Passagem de Ano
Ver artigo

Apenas a um dia da noite de fim de ano, recorde que está proibida a circulação entre concelhos entre as 00h de 31 de dezembro e as 5h de 4 de janeiro de 2021. Durante este período, para o território continental, foi estabelecido pelo Conselho de Ministros que os portugueses poderão circular dentro do concelho, mas apenas até às 23h de 31 de dezembro e entre as 5 e as 13h nos dias 1, 2 e 3 de janeiro.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.