Há mais sete mortes e 2.436 novos casos de infeção em Portugal pelo novo coronavírus. São estes os dados divulgados esta sexta-feira, 2 de julho, pela Direção-Geral da Saúde (DGS), no novo boletim epidemiológico referente à evolução da crise sanitária no País.

Esta sexta-feira entram em vigor as novas restrições decididas em conselho de Ministros esta quinta-feira, 1, entre as quais está o regresso do recolher obrigatório a partir das 23 horas. Este aplica-se apenas a concelhos considerados de risco muito elevado e de risco elevado de contaminação, um total de 45.

Outros 21 concelhos estão em situação de alerta. Nestes e no resto do País, vigoram as medidas aplicadas a 14 de junho, entre as quais está a recomendação do teletrabalho, limite horário para a restauração — até à meia-noite para admissão e à 1h para encerramento —, bem como para espetáculos culturais, que podem decorrer até à meia-noite.

Saiba em que nível de risco se encontra o seu concelho aqui.

Vacinação prossegue: já é possível agendar a partir dos 30 anos
Vacinação prossegue: já é possível agendar a partir dos 30 anos
Ver artigo

Também esta sexta-feira foi conhecido que os Jogos Olímpicos Tóquio2020 poderão decorrer à porta fechada. Com data marcada para 23 de julho, a mais de um mês da competição, o primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, apontou para a possibilidade de não haver espectadores devido ao surto de COVID-19 que atingiu a capital. "Atuaremos com a segurança do povo japonês como nossa principal prioridade", frisou.

As autoridades japonesas já estão a preparar medidas para conter a pandemia durante os jogos, e as atuais restrições, em vigor até 11 de julho, deverão ser prolongadas por mais duas a quatro semanas, de acordo com os meios de comunicação japoneses.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.