Leonor tem 10 anos e o início de uma pequena dor na perna levou ao diagnóstico de um "cancro raro de difícil combate".

"Cancro Sem Temor". IPO do Porto lança podcast para "desmistificar ideias e apaziguar as dúvidas"
"Cancro Sem Temor". IPO do Porto lança podcast para "desmistificar ideias e apaziguar as dúvidas"
Ver artigo

"O mundo desta família desmoronou. Em Portugal, esgotaram todas as hipóteses e neste momento encontram-se em Espanha na esperança de um 'tudo por tudo'. Esta família empenhou todas as suas poupanças, sem promessa nenhuma. Partiram para continuar a lutar na batalha mais difícil das suas vidas. Hoje precisam da nossa ajuda para continuar os tratamentos da sua menina", lê-se na página de Instagram criada por um grupo de Bombeiros Sapadores, colegas de Bruno, pai de Leonor.

"Se a força de quem dá a vida pelos outros nunca se esgota, hoje torna-se ainda mais humano ajudar quem nunca hesitou em prestar auxílio. Pedimos qualquer donativo, a quem o possa fazer, para ajudar o Bruno e a sua família a não baixar os braços", diz ainda a mesma publicação.

Rapidamente, a imagem começou a circular nas redes sociais e foi inclusivamente partilhada por Madalena Abecasis que, uma vez mais, não ficou indiferente à causa. "Nem consigo imaginar o que será, para uns pais, receberem a notícia de que algo está mal com os seus filhos. É das piores coisas que pode acontecer. E aconteceu aos pais da Leonor", revelou a influenciadora digital. "Vamos ajudar a Leonor. Somos muitos, e se cada um der 1€ que seja, já são 300 mil euros", apelou aos seguidores.

Quem quiser ajudar, pode fazer o donativo através do Iban PT50 0018 0000 2468 8496 0019 4. A conta está em nome de Bruno Santos e pertence ao Banco Santander. O número para transferências por MbWay é o 966 962 223, contudo, neste momento, já não consegue aceitar mais donativos.

"Podemos ter influência nesse milagre, já pensaram nisso? Que graças à nossa união, estes pais conseguirão esgotar todas as possibilidades, conseguirão procurar as ajudas que forem necessárias, conseguirão um dia dormir de consciência tranquila porque fizeram tudo o que estava ao seu alcance. Vamos ajudar", escreveu Madalena Abecasis numa segunda publicação partilhada esta sexta-feira, 7 de janeiro.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.