Já foram identificados os oito jovens envolvidos na luta que aconteceu em Alvalade a 18 de junho e que tirou a vida a James Boyce, rapaz de 15 anos luso-britânico, que terá morrido vítima de seis facadas, às mãos de um miúdo de 14. A PSP rapidamente encontrou o autor dos golpes, que estava em casa com a arma do crime. Foi levado para uma esquadra, onde passou a noite, tendo sido depois presente a um juiz do Tribunal de Família e Menores, que decidiu que o jovem ficará à guarda dos pais no desenvolver do processo.

Poderá ser condenado a um máximo de três anos de internamento em regime fechado, num centro tutelar educativo, avança o "Jornal de Notícias". A investigação irá passar para Polícia Judiciária, sendo que será o Ministério Público a tomar conta do caso.

Jovem de 15 anos morto com 6 facadas no bairro de Alvalade, depois de combinar luta com rapaz de 14
Jovem de 15 anos morto com 6 facadas no bairro de Alvalade, depois de combinar luta com rapaz de 14
Ver artigo

O caso envolveu o agressor, a vítima e mais oito jovens, todos com idades compreendidas entre os 14 e os 19 anos, que terão acompanhado um e outro. Apesar de não terem participado ativamente no crime, podem também ser responsabilizados, por não terem agido de modo a impedir a luta. 

Ao chegarem à Rua Castro Pimenta, em Alvalade, os rapazes quase não falaram, tendo partido logo para a luta. Depois de ter sido atingido com a faca, os outros jovens fugiram. Boyce foi assistido por uma equipa do INEM no local, tendo sido depois transportado para o Hospital de Santa Maria. Não resistiu aos ferimentos e acabou por morrer.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.