Artur Albarran morreu aos 69 anos. A notícia da morte do antigo jornalista foi avançada pela CNN Portugal esta terça-feira, 15 de fevereiro.

Diagnosticado com um mieloma múltiplo em 2011, recuperou do cancro após um transplante de medula óssea. Em 2019, sofreu uma reincidência do cancro, e fez um segundo transplante de medula.

Em agosto de 2021, foi internado na unidade de cuidados intensivos do hospital Amadora-Sintra, em Lisboa, devido a complicações com a COVID-19, caso que se tornou mais complicado por, até ao momento do internamento, estar a receber tratamento oncológico no IPO de Lisboa.

Em novembro do ano passado voltou a ser internado, desta vez no Hospital de São Francisco Xavier, por agravamento do estado de saúde.

Artur Albarran trabalhou para vários dos canais generalistas como jornalista, carreira que abandonou em 2001. Despediu-se da apresentação em televisão com "Acorrentados", programa de entretenimento da SIC.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.