Rogério Samora morreu aos 63 anos, em dezembro de 2021, depois de seis meses internado devido a uma paragem cardiorrespiratória. Sem filhos, os únicos herdeiros do ator da SIC, o pai e o irmão, não podem exercer os seus direitos: o primeiro por estar incapacitado por doença (sofre de Alzheimer e está institucionalizado), e o segundo, Paulo Samora, por estar desaparecido há cerca de dois anos.

Desde a morte de Rogério Samora, tem sido o primo, Carlos Samora, quem tem tomado as decisões relativas à herança do ator. Em declarações à "TV 7 Dias", Carlos adiantou, no final do mês de outubro, não saber do paradeiro do primo e julgá-lo morto.

"O meio artístico fica mais pobre." As homenagens das celebridades a Rogério Samora
"O meio artístico fica mais pobre." As homenagens das celebridades a Rogério Samora
Ver artigo

A morte foi posteriormente confirmada por um amigo próximo do ator, que afirma que Paulo Samora morreu em finais de agosto de 2020 em consequência de uma pneumonia em contexto de infeção pelo vírus da imunodeficiência humana (VIH) e que Rogério Samora sabia da morte do irmão, mas nunca a partilhou com a família. 

"Eu estava com o Rogério quando ele soube, e ele contou-me. Sei que não o terá dito só a mim, mas pelos vistos, sendo que o primo diz desconhecer o paradeiro do Paulo, então ele reteve essa informação. Às vezes dizemos coisas aos amigos que não partilhamos com a família, pode ter sido esse o caso", explica o amigo de Rogério Samora, em declarações à "TV Guia", acrescentando: "Isto foi na véspera de umas férias no Gerês, no verão de 2020, antes de ele entrar no 'Amor Amor'".

Paulo Samora, que estava de relações cortadas com o irmão há vários anos, vivia em Espanha. As diligências do tribunal relativas à herança de Rogério Samora nunca obtiveram resposta por parte de Paulo Samora.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.