As temperaturas baixas que se fazem sentir esta semana em Portugal, bem como as previsões de vento e chuva, potenciaram um aviso da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) esta terça-feira, 5 de janeiro. Perante as condições adversas, a Proteção Civil pede à população medidas de prevenção e atenção redobrada ao uso de equipamentos de combustão.

O aviso surge depois de o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prever temperaturas mínimas a variar entre os quatro graus negativos e os oito graus, e máximas entre os cinco e os 17 graus para esta terça-feira e quarta-feira, avança a Agência Lusa, citada pelo "Observador". Para além do frio, está também prevista a ocorrência de chuva, neblina ou nevoeiro matinal, bem como formação de gelo e geada nas terras altas, cenário que se pode manter até quinta-feira (7).

Prepare os casacos, a primeira semana do ano vai ser de muito frio
Prepare os casacos, a primeira semana do ano vai ser de muito frio
Ver artigo

Perante estas condições, a Proteção Civil alerta a população para o uso de braseiras e lareiras, que podem causar intoxicação devido à acumulação de monóxido de carbono e levar à morte, recomendando a ventilação dos espaços. A autoridade avisa também para a ocorrência de incêndios em habitações, resultantes da má utilização de lareiras e braseiras ou de avarias em circuitos elétricos.

A queda de neve nas vias, bem como a formação de gelo, também são fatores a ter em conta, e a Proteção Civil pede a atenção dos portugueses para o aumento do risco associado ao tráfego rodoviário. Grupos populacionais mais vulneráveis como as crianças, idosos, pessoas portadoras de patologias crónicas e população sem-abrigo também devem ter cuidados redobrados.

Assim, aconselha-se que se evite a exposição prolongada ao frio e às mudanças bruscas de temperatura, e que se mantenha o corpo quente através do uso de várias camadas de roupa, folgada e adaptada à temperatura ambiente, proteger as extremidades do corpo (usando luvas, gorro, meias quentes e cachecol) e calçado quente e antiderrapante.

A ingestão de sopas e bebidas quentes também é recomendada, mas as bebidas alcóolicas devem ser evitadas, dado que causam a falsa sensação de calor. Para além disso, a Proteção Civil recomenda também que qualquer equipamento de aquecimento seja desligado durante o sono.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.