Acusem-se todas as mulheres que durante a quarentena têm andando de cabelo apanhado ou que o têm lavado menos. Mas será que essas coisas fazem bem ao cabelo? Será que devíamos aproveitar esta altura para o nutrir e tratar? Fomos descobrir juntamente com seis cabeleireiras.

Devemos andar de cabelo apanhado?

De acordo com a responsável pelo Hair Studio Gémeas, andar com o cabelo apanhado tem os seus riscos. "Muitas mulheres tendem a apanhar o cabelo de uma forma muito forte, para que fique mais apertado e seguro, porém esse hábito faz mal porque quebra a fibra capilar e faz uma pressão desnecessária no couro cabeludo."

Mafalda Perfeito, hair stylist e autora do livro "Guia para um Cabelo Perfeito", diz que não faz mal andar com o cabelo apanhado, até porque "é uma forma de se variar o look mais vezes". "E aí a imaginação é infinita. Desde que usemos os elásticos e ganchos apropriados." No entanto, tal como as cabeleireiras do Hair Studio Gémeas, a hair stylist não aconselha a prender demasiado, com muita pressão, durante muito tempo seguido.

A cabeleireira do Miss Me Cabeleireiros, Cristina Rodrigues, segue a ideia começada por Mafalda Perfeito: não faz mal andar de cabelo apanhado, "desde que o cabelo não fique demasiado repuxado."

De acordo com a diretora de educação Kérastase Cidália Ferreira, apanhar o cabelo só faz mal se for mal apanhado, ou seja "apanhar o cabelo quando ainda está molhado, num ambiente húmido, porque issp é perfeito para a proliferação de fungos relacionados com a caspa."

Falando em cabelo apanhado, será que influencia a queda do cabelo? Para Cristina, não, "pode sim influenciar a quebra dos fios."

Só quem tem franja sabe o que é mantê-la. Cabeleireiras explicam como o fazer em casa na quarentena
Só quem tem franja sabe o que é mantê-la. Cabeleireiras explicam como o fazer em casa na quarentena
Ver artigo

Que penteado devemos usar?

Quanto ao melhor estilo a optar nesta altura, a opinião é uniforme dentro das hair stylists: usar o cabelo solto ou optar por uma fita para a cabeça. Se quiser mesmo apanhar, as tranças são o penteado ideal, presas com elásticos de silicone. Embora Mafalda diga que os elásticos "devem ser de uso específico para o cabelo, a escolha deverá depender da densidade e textura do cabelo". "Em cabelos muito finos devem escolher elásticos de pouca pressão já os cabelos mais grosso devem escolher elásticos mais fortes, mas sempre de uso exclusivo para cabelos. Nada de elásticos de plástico."

No entanto, Cristina diz que já que estamos de quarentena mais vale contrariar um pouco o que usávamos quando não estávamos nesta situação, "Se habitualmente usa o cabelo apanhado aproveite agora para usar o cabelo solto ou faça apenas uma trança larga. Se usava sempre o cabelo solto aproveite o tempo livre que tem agora para aprender a fazer alguns penteados. Tente, por exemplo, o uso de alguns acessórios como ganchos, lenços ou bandoletes. Experimente fazer o wet look que é tão fácil e nunca mais vai ter que se preocupar com uma saída à noite só porque não teve tempo de ir ao cabeleireiro, ou um messy pony tail, que dá tanto jeito quando o cabelo está num dia não."

Além dessas dicas, Cristina aconselha a fazer elásticos em casa: "Corte um pedaço de elásticos redondo daquele de bobine que se compra nas retrosarias, e em cada ponta do elástico use um gancho de cabelo daqueles que se usam nos penteados. De seguida, dê dois nós em cada gancho para os segurar. Agora tem um elástico com um gancho preso em cada ponta. Para usar é só pegar no rabo de cavalo prender um dos lados do elástico com um dos ganchos e andar com o elástico a volta do rabo de cavalo, até conseguir prender o outro gancho."

Que cuidados devemos ter?

Olga e Irene, cabeleireiras no Moscow Beauty Bar, dizem que o primeiro conselho que dão é evitar qualquer tinta de supermercado. Porque depois pode ser muito difícil fazer com que o cabelo volte a estar saudável. "É melhor dar atenção ao tratamento e hidratação do cabelo, usando produtos profissionais de champô, condicionador, máscaras e óleos. Neste momento todas as lojas estão fechadas, mas os produtos podem ser comprados online e entregues na sua casa."

Continuando, as cabeleireiras do Moscow Beauty Bar pedem para não se esquecer de hidratar. "Uma vez por semana tem de usar máscara, agora tem a oportunidade de deixá-la no cabelo mais tempo do que habitualmente, até 40 minutos." É importante também não se esquecer de usar óleo para as pontas de cabelo depois de cada lavagem. Algo que ajudaria muito é ficar sem secar o cabelo "para lhe dar descanso."

Barbeiro dá dicas para que consiga cortar ou aparar o cabelo em casa (idealmente com ajuda)
Barbeiro dá dicas para que consiga cortar ou aparar o cabelo em casa (idealmente com ajuda)
Ver artigo

Para a hair stylist Mafalda Perfeito, "o cuidado do couro cabeludo é o primeiro passo para um cabelo saudável. O cabelo cresce na raiz. Quanto à hidratação, essa deverá ser feita em todas as lavagens com o condicionador e complementado com máscaras de nutrição, hidratação ou reconstrução conforme as necessidades de cada cabelo."

A cabeleireira Cristina diz que não vale a pena lavar tanto o cabelo em casa, a menos que não se sinta confortável. Para quem tem problemas de oleosidade e não consegue passar sem lavar o cabelo todos os dias agora é o momento certo para ajudar a travar um pouco a produção de sebo nas glândulas sebáceas. "Tente ficar uma semana sem lavar o cabelo. Pode ser difícil mas encare como um tratamento, na segunda semana lave com um champô suave aplique sempre um condicionador nas pontas para fechar a cutícula e estabilizar o pH. Depois disto, o cabelo vai aguentar mais tempo limpo e brilhante."

As dicas de Cristina incluem diversificar as máscaras, assim conseguimos tratar o cabelo num todo. E dá também uma receita de máscara caseira que ela própria utiliza e é muito hidratante e reconstrutora: "Um abacate maduro e uma gema de ovo e duas ou três gotas de óleo de argan ou côco. Mexam todos os ingredientes num copo misturador, apliquem mistura no cabelo previamente lavado com um champô suave, deixem ficar por 15 minutos de preferência com uma toalha molhada e escorrida em água quente. Após os 15 minutos dar uma passagem de champô e condicionador."

Depois de aplicar tudo isto, aproveite esta altura para fazer penteados que nunca teve tempo de experimentar. Quem sabe descobre um look que favorece ainda mais o seu rosto!

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.