Costuma-se dizer que o cabelo é o espelho do rosto e algo que todos nós valorizamos. E se uns quilos a mais ou a menos são resolvidos com alimentação e exercício, e a aparência da pele com uma rotina de beleza mais regrada, a falta de cabelo pode ser um processo mais moroso, dispendioso e difícil de lidar — e eu que o diga.

Escrevo este artigo na primeira pessoa porque 1) a falta de cabelo sempre foi um dos maiores golpes (o maior, na verdade) na minha autoestima e 2) aquilo que aconteceu desde o momento que conheci o Ricardo Vila Nova e os seus tratamentos, bem como a clínica em Lisboa, aproxima-se do milagre (mas já lá vamos).

O seu cabelo começou a cair mais? Esta nova gama de supermercado pode travar o problema
O seu cabelo começou a cair mais? Esta nova gama de supermercado pode travar o problema
Ver artigo

Em miúda, tinha um cabelo ótimo. Forte, com volume, e sem qualquer falha. Algures na adolescência, por volta dos 14, 15 anos, o cenário inverteu-se drasticamente. O meu cabelo perdeu volume, densidade, os fios tornaram-se finos e, em determinadas áreas do couro cabeludo, principalmente na zona frontal da cabeça, comecei a ter peladas e uma falha de cabelo notória.

Até hoje, não sei ao certo o que aconteceu. Os meus pais culpam umas madeixas meio amanhadas que fiz em casa com tinta de supermercado, vários especialistas atribuíram o episódio a algo hormonal ou a um episódio de stresse. O motivo permanece no desconhecimento, mas nos quase 20 anos que se seguiram, o cabelo foi sempre o meu ponto fraco.

Ricardo Vila Nova
O primeiro passo de qualquer tratamento é marcar uma consulta de diagnóstico com o especialista.

Nem sempre esteve igual e passou por várias fases: umas péssimas, onde mesmo com as centenas e centenas de euros deixados na farmácia e no salão nada acontecia e o crescimento era nulo; outras onde respondia bem a determinados tratamentos, recuperava algum volume, densidade e os fios começavam a crescer.

E tentei de tudo. Ampolas, tónicos, suplementos (que, entretanto, me deram as melhores e mais fortes unhas de sempre). Mas quem já passou pelo mesmo sabe que não é possível fazer este tipo de tratamentos de forma contínua e o cabelo acaba por ter de descansar depois de alguns meses intensivos. E os poucos progressos acabavam sempre por regredir.

Até ao dia em que conheci o Ricardo Vila Nova.

Quem é Ricardo Vila Nova, aka, o Encantador de Cabelos

No dia em que recebi na minha caixa de e-mails o convite para saber mais sobre os tratamentos e conhecer a clínica lisboeta de Ricardo Vila Nova, assumo o meu desconhecimento: nunca tinha ouvido falar do nome (tanto que até achava que ia conhecer um salão e tentei marcar um corte de cabelo).

Para quem esteja na mesma situação, Ricardo é um especialista em cabelos ligado à tricologia (ramo da dermatologia dedicado em exclusivo ao estudo, diagnóstico e tratamento do cabelo e do couro cabeludo), que criou um método único e holístico do tratamento dos fios — tanto que foi apelidado pela "Vogue" britânica de "hair whisperer", uma expressão correspondente a encantador de cabelos, em português.

Apaixonado por cosmética capilar desde muito cedo, a curiosidade do especialista levou-o a experimentar as amostras que encontrava nas revistas de moda, e dedicava-se a tentar descortinar as propriedades dos ingredientes destes produtos. Cresceu, apostou na formação — passou três anos a fazer investigação nos laboratórios de pesquisa avançada da L'Oréal, em Paris, e estudou dermatologia estética no Imperial College of London — e não tardou até começar a desenvolver a sua própria metodologia e uni-la a métodos que já estava habituado a usar como tecnologia injectável, dermarollers e tratamentos com laser de baixa frequência.

Um cabelo bonito começa no couro cabeludo — e só precisa desta nova escova para lhe dar vida
Um cabelo bonito começa no couro cabeludo — e só precisa desta nova escova para lhe dar vida
Ver artigo

Sendo uma das únicas três pessoas no mundo especializada numa metodologia que permite ler o ADN a partir de um fio de cabelo (e assim perceber a situação hormonal, nutricional e genética, entre outras particularidades, que definem as características do cabelo), o trabalho de Ricardo Vila Nova levou-o a abrir, no início de 2012, um espaço nos emblemáticos armazéns londrinos Harrod's. A fama e eficácia tornou-se tão grande ao ponto de começar a atender em Abu Dhabi, Nova Iorque, Hong Kong, entre outros, e Portugal não ficou de fora, com a abertura da clínica 212.2 em 2018, em plena Avenida da Liberdade, em Lisboa.

Ricardo Vila Nova
A clínica de Lisboa fica na Avenida da Liberdade.

De só me deixar fotografar de certos ângulos a baby hairs por todo o lado: os tratamentos de Ricardo Vila Nova funcionam mesmo

Feitos os devidos contextos, voltemos ao meu cabelo e à desgraça em que o mesmo se encontrava com duas gravidezes (e os temíveis efeitos de dois pós-partos num intervalo de dois anos) pelo meio. O primeiro passo da minha jornada — e de qualquer cliente que visite os serviços de Ricardo Vila Nova — é uma consulta com o especialista.

Dado que Ricardo passa longas temporadas fora do País, existem muitas consultas feitas por videochamada, tal como a minha, mas claro que pode ter a sorte de encontrar o especialista por Lisboa (tal como me aconteceu uns meses depois).

A metodologia é sempre igual: na clínica de Lisboa, um técnico retira-lhe alguns fios de cabelo desde a raiz (nada doloroso, não se preocupe), cujas imagens ampliadas a um nível gigantesco são enviadas no momento para o encantador de cabelos. Depois, na conversa com Ricardo, os clientes percebem o estado geral do seu cabelo, discutem necessidades e traçam um plano de tratamentos em conjunto com o especialista.

Ricardo Vila Nova
O exemplo de uma análise aos fios de cabelo.

No meu caso, não existiram dúvidas quanto ao caminho a seguir: a falta de densidade e força do cabelo ditava a necessidade de uma abordagem de reconstrução e crescimento, sendo o grande objetivo dar força ao cabelo e estimular o crescimento de fios. Assim, os tratamentos que se seguiram foram focados no dermaroller, uma técnica que estimula a absorção pelo couro cabeludo de misturas compostas (e exclusivas) por ingredientes com máxima inovação tecnológica, focados no objetivo de cada pessoa: no meu caso, repito, estimular crescimento.

Vou ser honesta. No dia da consulta e do primeiro tratamento, saí da clínica com a sensação de "bem, mal não vai fazer", mas mais focada na maravilhosa lavagem de cabelo que tive — esqueçam todas as outras, a lavagem do cabelo aqui é um autêntico ritual, com direito a máscaras, massagens, tónicos e séruns, e que além de deixar os fios lindos de morrer e brilhantes, ainda nos relaxa do dia mais stressante de sempre. Mas em relação a recuperar o meu cabelo? As expetativas estavam baixas. Afinal, se nada tinha resultado assim tão bem durante quase duas décadas, porque raio é que agora seria diferente?

Mas foi. Meses e meses depois, tentando sempre manter a frequência mensal de tratamentos (cada caso é único e a frequência deve ser decidida com os profissionais), recuperei o meu cabelo. Ok, não está — ainda — a 100%, mas decididamente muito mais perto. Volume? Check. Densidade? Check. Pequenos fios de cabelo, os chamados baby hair, a crescer na linha frontal do cabelo? Três vezes check. Já para não falar da força e brilho que os fios ganham, e de o facto de o meu cabelo crescer muito mais depressa nos dias que correm devido à estimulação.

Estes tratamentos não são apenas para quem tem problemas capilares

No meu caso, existia algo mais grave a tratar, mas é de referir que os tratamentos Ricardo Vila Nova não são apenas para quem precisa de uma ajuda SOS em relação ao cabelo. O leque de serviços vai ao encontro de pessoas que procuram cuidar dos fios, torná-los mais brilhantes e bonitos, forte e denso.

O primeiro passo é marcar uma consulta de diagnóstico — Hair DNA Scan, com o valor de 175€ — e perceber necessidades, objetivos e metodologia a seguir (o preço dos tratamentos é visto caso a caso, conforme a abordagem).

Ricardo Vila Nova
Em casa, pode usar a linha de tratamentos da marca do especialista para dar continuidade ao processo. créditos: @manuelmanso

Depois dos tratamentos em clínica, o cuidado deve continuar em casa com os produtos da 212.2 , a marca própria de Ricardo Vila Nova, e cujas formulações são feitas no momento, em exclusivo para cada cliente — e sim, o packaging maravilhoso leva o seu nome, sendo tudo personalizado.

A clínica 212.2 de Ricardo Vila Nova fica na Avenida da Liberdade 212, 2ºandar B, em Lisboa. Pode contactar o espaço através do 211 982 023.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.