"Parece que não estou em Lisboa!". Esta frase, que é amiúde dita por quem frequenta o The Spa, descreve na perfeição as sensações do espaço do Corinthia Hotel Lisbon, eleito pelo segundo ano consecutivo o melhor de Portugal na categoria Melhor Spa de Hotel. A distinção dos World Spa Awards chegou em outubro e a MAGG visitou o luxuoso (e enorme) espaço do hotel de cinco estrelas lisboeta dedicado à saúde, beleza e bem estar.

Provámos os tacos do Soul Garden e recuperámos a fé na Humanidade (com a ajuda do melhor mocktail de sempre)
Provámos os tacos do Soul Garden e recuperámos a fé na Humanidade (com a ajuda do melhor mocktail de sempre)
Ver artigo

Com 3500 metros quadrados, que incluem 13 salas de tratamento, piscina interior aquecida e solário natural, o The Spa é um verdadeiro "não lugar", como descreve o diretor, Hanni Schiavon. Um espaço de refúgio da confusão da cidade.  Seja hóspede do Corinthia Lisbon, seja visitante local, é imprescindível passar, no mínimo, uma boa meia hora no circuito de hidroterapia, o mais completo (e maior) que já visitámos. Além de duches sensoriais, piscina hidrodinâmica, jacuzzi, sauna e banho turco, esta área do spa oferece ainda uma piscina de contraste térmico (com água fria), para que possa desfrutar dos benefícios que a mudança entre o calor e o frio trazem ao organismo.

Das 13 salas de tratamento, destaque para duas salas de tratamento em cápsula, duas suites duplas com jacuzzi, banho turco e banheira (ideais para tratamentos em casal ou em pequenos grupos), e ainda uma sala de tratamento para duche Vichy. Mas as opções para passar um dia (ou umas horas) dedicado ao corpo e à mente não ficam por aqui.

O ginásio do Corinthia Lisbon tem, além de uma área impressionante, luminosa e com o tão desejado espaço para alongamentos e trabalho sem equipamento, o último grito em termos de equipamentos (nós, que gostamos de uma boa sala de máquinas para treinar, verificámos, e estas são mesmo do que mais moderno há).

Ninguém precisa de treinar sem apoio uma vez que há sempre um personal trainer no ginásio. A medicina estética, cada vez mais presente em espaços de wellness, também não foi esquecida, com o gabinete D’Abril Medicina Estética. E nem sequer precisa de sair desgrenhado ou com o cabelo molhado porque, no mesmo espaço, existe também o salão de cabeleireiro Hair Spa.

A ideia de criar um spa no hotel de cinco estrelas nasce no final da década de 2000, por exigência do mercado. O espaço não foi logo batizado com o nome The Spa. Isso só aconteceu quando o hotel contrata a a marca britânica ESPA, cujos produtos e protocolos são usados nos tratamentos. O trabalho, a exigência e a experiência acumulada ao longo dos anos resultaram no prestígio, refletido em distinções como a atribuída pelo World Spa Awards.

"Ter uma distinção de uma organização com este prestígio no setor do turismo é sempre bom. Quer para nós quer para o staff é o culminar de um processo. A votação dos clientes, que conta muito para este prémio, é para nós um motivos de orgulho", realça Maria João Galante, diretora de Relações Públicas e Comunicações do Corinthia Hotel Lisbon.

A responsável, que trabalha no hotel de cinco estrelas há 15 anos, realça que "a percentagem de clientes locais versus clientes de hotéis tem vindo a aumentar", fruto de um esforço de promoção da cultura do spa em Portugal. Maria João Galante revela que o hotel está em processo de introduzir no The Spa uma nova marca, para que exista no futuro uma panóplia mais diversificada de tratamentos.

Com os recentemente lançados Day Retreat e Half Day Retreat, a ideia é chegar "e tratar-se dos pés à cabeça, desde a pedicure ao cabeleireiro", salienta Hanni Schiavon, diretor do The Spa. "Fazemos uma anamnese [entrevista inicial de avaliação com um técnico especializado]. Inicia com um pequeno-almoço no 24º andar, que tem uma vista fabulosa. Regressa para o spa e tem início a jornada, com massagens, esfoliação. Finaliza com um tratamento facial e acaba com um almoço anti ageing no Soul Garden", explica o responsável.

Hanni Schiavon, diretor do The Spa.
Hanni Schiavon, diretor do The Spa. créditos: DR

Adelgaçar, desintoxicar, perder peso, melhorar o aspecto do rosto e do corpo são objetivos que os clientes que chegam ao The Spa procuram... e com resultados comprovados. Hanni Schiavon explica que há um trabalho conjunto entre a equipa médica, os personal trainers e os terapeutas do The Spa, uma avaliação holística e não apenas estética, para que a meta proposta por quem procura o The Spa seja alcançada.

"Tivemos uma situação engraçada recente. O cliente, que é do mundo da música, tinha uma sessão fotográfica e tinha três semanas para chegar ao objetivo: tirar as fotografias com o rosto mais desenhado. Passei o caso ao nosso diretor do ginásio e ele disse: 'não sei se é possível'. Não, nós vamos conseguir ou, pelo menos, melhorar bastante. O cliente queria reduzir cinco pontos de massa gorda e reduziu sete", relata o diretor do The Spa, que destaca como método de detox um dos tratamentos estrela do spa, o Detoxifying Body Cocoon (70 minutos, 160€), realizado dentro de uma espécie de casulo que ajuda a desintoxicar o organismo.

"Na parte do wellbeing temos todas essas valências. O ginásio, onde trabalhamos de dentro para fora. A partir do momento em que eu tenho a musculatura tonificada, gasto mais calorias, logo o meu corpo vai dar muito mais respostas a qualquer tratamento e a qualquer dieta que eu faça. Também temos a parte de nutrição. Grande parte dos nossos clientes procuram-nos pela parte da indulgência, do relaxamento, de desconectar do mundo e acabamos por ser um oásis no centro de Lisboa", salienta Hanni Schiavon.

O diretor do spa do hotel de cinco estrelas destaca a passagem pela zona de hidroterapia, que considera "a joia da coroa" do espaço", como ponto inicial de uma viagem de relaxamento. "Desde o preenchimento da ficha da anamnese, onde o terapeuta recolhe todas as informações para personalizar o tratamento. Toda essa experiência tem de ser construída com detalhe para que o cliente sinta o match com o espaço. A responsabilidade que temos quando recebemos o prémio de Melhor Spa de Hotel é imensa. A expectativa do cliente dispara. Se já tínhamos uma responsabilidade acrescida por trabalhar com o nome Corinthia, quando recebemos um prémio desta envergadura nós ficamos 'calma, o serviço tem de surpreender o cliente'. Já não basta sermos só competentes no que fazemos, tem de haver um momento 'uau' da experiência para que o cliente perceba este prémio", explica Hanni Schiavon.

Para 2024, a equipa promete ainda uma "surpresa disruptiva", com a associação da marca Corinthia a outra de renome, numa parceria "inédita em Portugal". "O produto também está em constante melhoramento. temos em projeto refazer toda a área da piscina e também o sundeck, construir algo mais de acordo com o nível do hotel", revela Maria João Galante.

Veja fotos do The Spa

A nossa experiência no The Spa foi irritante (porque não conseguimos encontrar um defeito)

Estivemos no The Spa em dois dias diferentes, por uma mera questão da nossa agenda e, em retrospectiva, foi a melhor opção, uma vez que pudemos desfrutar, numa primeira visita, do circuito de hidroterapia e, numa segunda, dos tratamentos no spa. Entrar no The Spa é, por si só, uma experiência de desligamento automático da realidade. Assim que entramos no elevador, é como se estivéssemos envolvidos numa bolha de serenidade, que se ilumina assim que chegamos à receção do Spa. Os tons dourados, a ambiência perfumada, a serenidade, colocam-nos logo num espaço físico e mental propício para a descontração.

The Spa by Corinthia Lisbon
Receção do The Spa créditos: Jack Hardy

Da piscina com jactos, enorme, com capacidade acima do comum, até à piscina de contraste térmico (a nossa parte favorita), o circuito de hidroterapia é não só um dos maiores mas também dos mais completos onde já estivemos. E seria de esperar que, num espaço tão grande, fosse difícil sentirmo-nos aconchegados. Mas tal não acontece, graças ao silêncio, às temperaturas adequadas a cada área e à iluminação suave.

Circuito de hidroterapia do The Spa
Circuito de hidroterapia do The Spa créditos: Jack Hardy

Numa segunda visita, fizemos a massagem de assinatura Corinthia com a duração de 50 minutos (100€) e também o tratamento facial personalizado (50 minutos, 110€). Antes de iniciarmos os tratamentos, o terapeuta Luís Martins guiou-nos através das técnicas e produtos que iam ser utilizados, pediu-nos para indicar com que pressão desejaríamos a massagem corporal e que áreas do corpo queríamos evitar. O resultado foi uma experiência sensorial perfeita, com a pressão que tínhamos pedido (mais intensa) e com uma sensibilidade fora do comum no momento de trabalhar as áreas mais problemáticas.

Os únicos pontos menos positivos (e que seríamos injustos se disséssemos que são defeitos) são os roupões de banho, que poderiam ser um bocadinho maiores, a falta de uma loção hidratante de corpo (apenas estava disponível champô, condicionador e gel de banho) e também a televisão ligada na Fashion TV no balneário, com o volume desagradavelmente alto, e que não faz sentido, tendo em conta a harmonia sonora que verificámos nos restantes espaços do The Spa.

THE SPA by Corinthia Hotel Lisbon
Av. Columbano Bordalo Pinheiro, nº 105
Lisboa 1099-031, Portugal
Contatos:  +351 217 236 305 ; spa.lisbon@corinthia.com
Horário: de segunda-feira a domingo 9h - 21h
Site, Facebook e Instagram

 

*a MAGG visitou o The Spa a convite do Corinthia Hotel Lisbon

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.