Carolina Santos, uma das criadoras da Alameda Turquesa, usou o Instagram esta quarta-feira, 15 de abril, para dar conta de que a apresentadora Cristina Ferreira plagiou dois modelos de sapatos, na nova coleção da Cristina Collection. Depois de a apresentadora responder e anunciar que iria recorrer à via judicial, Carolina Santos revelou este sábado, 18, à MAGG que o assunto vai "seguir os trâmites legais" e não fará mais comunicados.

Cristina Ferreira responde a críticas de plágio. “São falsas e injustas”
Cristina Ferreira responde a críticas de plágio. “São falsas e injustas”
Ver artigo

A marca Alameda Turquesa diz-se alvo de "intimidação" por parte da apresentadora, de acordo com a "N-TV". "Quererem processar-me por difamação, por não ter obtido resposta por meios legais, a uma cópia da nossa marca, é só surreal. (…) E dizer que qualquer pessoa que reproduza as nossas acusações, cheira-me a intimidação", diz à "N-TV".

No entanto, Carolina Santos revelou à MAGG no dia da polémica que a empresa de Cristina Ferreira já tinha sido contactada por um advogado, mas que não obtiveram resposta na altura.

A apresentadora apareceu com as sandálias em causa no programa de quarta-feira, 15, dia em que também anunciou que iria recorrer à via "judicial" para "responsabilizar as autoras da acusação do alegado 'plágio' pelos danos que intencionalmente provocaram no meu bom nome e nas marcas 'Daily Cristina' e 'Love Cristina' com estas acusações falsas e graves, que constituem crime de difamação".

Cristina Ferreira acrescentou ainda: "Serão igualmente responsabilizados todos os que reproduzirem as falsidades proferidas pela Alameda Turquesa e seus representantes legais com o único objetivo de tirarem proveito à custa da notoriedade do meu nome e das minhas marcas, o que não admitirei”.

De blogger de moda a empresária. Quem é a mulher que abriu guerra a Cristina Ferreira
De blogger de moda a empresária. Quem é a mulher que abriu guerra a Cristina Ferreira
Ver artigo

A empresária diz ainda que já antes de fazer as publicações no Instagram, os meios legais tinham sido acionados. “Agora que já obtivemos resposta, o processo irá continuar pelos meios legais, como sempre foi a nossa intenção desde o inicio”, conclui.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.