Este domingo, 30 de agosto, Bárbara Bandeira revelou aos seguidores o tormento por que tem passado. A cantora foi parar ao hospital quatro vezes na semana passada, devido a dores fortes no estômago. Após algumas notícias darem conta de que estaria grávida, a filha de Rui Bandeira resolveu colocar um ponto final nos rumores.

A artista, de 19 anos, saiu do hospital medicada e com um diagnóstico que apontava para que as dores estivessem relacionadas com stress ou ansiedade. No entanto, as dores não passaram e, agora, vai ter de realizar um novo exame mais evasivo.

"Neste últimos quatro dias tenho continuado com dores no estômago, voltei ao hospital para receber os medicamentos na veia para ver se as dores passavam e a cada dia fui fazendo exames", começa por contar Bárbara Bandeira. "Os exames não acusam nada de especial", frisa

Mãe de Bárbara Bandeira revela luta contra síndrome de Cushing. "Cheguei a usar fraldas por estar à espera que o remédio fizesse efeito"
Mãe de Bárbara Bandeira revela luta contra síndrome de Cushing. "Cheguei a usar fraldas por estar à espera que o remédio fizesse efeito"
Ver artigo

Acrescentou ainda que vai "fazer amanhã um exame mais complicado, de maneira a que consiga perceber mesmo o que é que se passa no estômago, porque algo se passa". Depois de se aperceber das notícias a dar conta de que estaria grávida, a jovem também se quis pronunciar: "Há imensas notícias a dizer que fiz um teste de gravidez. Não foi o caso".

"Fiz uma ecografia para ver os meus órgãos. Portanto, por favor, não acreditem que ando a fazer testes de gravidez porque eu estou bastante tranquila em relação a isso. A única criança aqui sou eu", terminou.

Bárbara Bandeira teve de fazer o teste à COVID-19, para se poder submeter ao exame com o qual saberá porque é que sente dores tão intensas no estômago. A artista revelou que testou negativo. Recorde-se que a cantora mantém uma relação com Kasha, Francisco Pereira, de 30 anos, cantor da banda D.A.M.A.

Veja o vídeo em que Bárbara Bandeira explica os rumores de gravidez.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.