Britney Spears já tinha manifestado a vontade de voltar a ser mãe e de ter um filho em comum com o companheiro, Sam Asghari, com quem tem uma relação desde 2016. Depois de 14 anos sob a tutela do pai, que alegadamente não a deixava retirar o DIU (dispositivo contracetivo), a cantora norte-americana já recuperou oficialmente o controlo da própria vida e esta segunda-feira, 11 de abril, anunciou ao mundo que vai ser mãe pela terceira vez.

Britney Spears diz ter sido humilhada pela família. "O que me fizeram é imperdoável"
Britney Spears diz ter sido humilhada pela família. "O que me fizeram é imperdoável"
Ver artigo

"Bem... Vou ter um bebé", escreveu a cantora na sua conta oficial de Instagram. "Está a crescer! Se forem dois, acho que me passo", acrescentou na mesma publicação em que também explicou detalhadamente como é que se apercebeu de que podia estar grávida.

"Perdi tanto peso antes da minha viagem a Maui, e depois ganhei-o de volta. Pensei 'meu Deus, o que é que aconteceu com a minha barriga?'. E o meu marido disse: ‘é da comida, tonta'", acrescentou a cantora, que já se refere a Sam Asghari como marido e não como noivo, o que leva os fãs a acreditar que o casal casou em segredo.

A cantora norte-americana, que anuncia assim a sua terceira gravidez, aproveitou a mesma publicação para recordar as experiências negativas que teve durante as gestações dos seus outros dois filhos.

"É difícil, porque quando tive os meus outros dois filhos, sofri depressão pós-parto. E é absolutamente horrível", começou por explicar. "As mulheres não falavam sobre isso na altura... Algumas até consideravam grave se uma mulher tivesse essa atitude", destacou a cantora.

"Hoje as mulheres falam sobre isso a toda a hora", salientou a cantora, com a ressalva de que se sente aliviada por "não ter de manter essa dor em segredo".

Desta vez, Britney explica que as coisas vão ser ligeiramente diferentes. Garante que não vai "sair muito" nos próximos tempos, até para os paparazzi não conseguirem a "fotografia milionária" às suas custas, e explica que vai adotar hábitos mais saudáveis."Desta vez, vou fazer ioga todos os dias. Espalhem alegria e amor," rematou a cantora.

Mãe de dois filhos, a cantora já tinha partilhado a vontade de voltar a engravidar

A cantora norte-americana já é mãe de Sean e Jayden James Federline, de 16 e 15 anos, filhos do ex-marido Kevin Federline, com quem manteve uma relação entre 2004 e 2007. A relação com o ator Sam Asghar arrancou em 2016 e mantém-se até à data.

O casal anunciou o noivado a 12 de setembro, depois de o pai de Britney, James Spears, ter entregado um requerimento para reavaliar a necessidade da tutela que detinha há 14 anos. O noivado surgiu cerca de três meses depois do depoimento explosivo de Britney Spears em tribunal, onde criticou profundamente a tutela do pai e partilhou o seu desejo de casar com Asghari e de ter mais filhos.

No mesmo depoimento, revelou que o facto de o pai lhe controlar a vida a impedia de, por exemplo, ir a uma clínica retirar o seu DIU. "Tenho um DIU [dispositivo contracetivo] dentro de mim que não me permite engravidar. Gostava de tirá-lo para começar a tentar ter outro filho, mas eles [referindo-se ao pai e a toda a equipa que gere a sua tutela] não me deixam ir ao médico", revelou, na altura, a cantora em tribunal.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.