O livro "Pra Cima de Puta" chega esta sexta-feira, 20 de novembro, às livrarias. Na obra, Cristina Ferreira faz um relato impressionante sobre cyberbullying, revelando ataques pessoais de que foi alvo nos últimos meses. Para ilustrar esses mesmos ataques, a apresentadora da TVI partilhou esta sexta-feira um comentário que podemos classificar como, no mínimo, horroroso.

"Isto foi escrito na minha página. Por uma mulher. Para toda a gente ler. Isto foi escrito publicamente. Isto é apenas uma das milhares de mensagens que recebi nos últimos tempos. O choque do título #pracimadeputa é pequeno quando comparado com o que pode ler no livro que está hoje à venda em todas as livrarias. É um livro que relata as minhas emoções perante tudo o que foi dito mas que, acima de tudo, abre a discussão de um tema ( crime) que precisa de regulação urgente. Juntaram se a mim vários especialistas de várias áreas. Talvez achem inacreditável aquilo que vão ler. Mas foram os últimos meses da minha vida.", relata.

Livro de Cristina Ferreira chega esta sexta-feira às livrarias

A diretora de Entretenimento e Ficção da TVI é, desde o verão de 2018, uma das figuras (senão a figura) mas falada, comentada e noticiada em Portugal. Cristina Ferreira saiu da TVI em agosto de 2018, protagonizando a mais mediática transferência televisiva do século XXI. Em julho passado, regressou à estação de Queluz de Baixo, uma saída inesperada que apanhou o País de surpresa e que fez (e ainda faz) correr muita tinta.

Ainda nas redes sociais, Cristina Ferreira faz questão de salientar que, no seu livro, a identidade das pessoas que decidiram escrever comentários como o que pode ver acima não é revelada. "No livro nenhum comentário identifica a pessoa que o escreveu. Este livro não é uma vingança nem uma vitimização. Este livro é para que algo seja feito para a regulação da ofensa e da injúria nas redes sociais. Este livro é para que eu, tu, todos, sejamos respeitados. Este livro é para dar início a uma discussão de mudança. Este livro é meu mas podia ser de milhares de pessoas que o vivem na pele diariamente. A única diferença é que eu, dada a minha exposição pública, recebo milhares de comentários destes todos os dias. Milhares".

Primeira edição esgota em fase de pré-venda

"Pra Cima de Puta" já está na segunda edição, tendo a primeira esgotado em fase de pré-venda. Na obra, Cristina Ferreira expõe várias situações de cyberbullying e, de acordo com o comunicado da editora Contraponto, tem por objetivo promover uma "discussão pública da violência gratuita na Internet e nas redes sociais e respetivas consequências."

A obra não é só escrita pela pena da diretora de Entretenimento e Ficção da TVI. O prefácio é da autoria do escritor Valter Hugo Mãe e conta ainda com os contributos da da jurista Dulce Rocha, da filósofa Joana Rita Sousa, do médico psiquiatra Júlio Machado Vaz, da socióloga Maria José da Silveira Núncio e do médico pedopsiquiatra Pedro Strecht.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.