Um novo livro sobre a vida dos irmãos Harry e William e as respetivas mulheres, Meghan Markle e Kate Middleton, ainda não foi publicado e já está a gerar polémica. Numa das passagens, é descrito um alegado diálogo entre o príncipe Carlos e Camilla, em que o avô de Archie, o filho mais velho de Harry e Meghan Markle, terá questionado qual seria o "tom de pele" da criança. Contudo, um porta-voz do príncipe Carlos já veio desmentir as alegações o livro, classificando-as de "ficção".

O livro escrito pelo norte-americano Christopher Andersen, com o título "Brothers And Wives: Inside The Private Lives of William, Kate, Harry and Meghan" ("Irmãos e Mulheres: dentro da vida privada de William, Kate, Harry e Meghan", em português), vai ser lançado esta terça-feira, 30 de novembro, mas já é conhecida, pelo menos, a parte mais polémica do conteúdo.

Harry e Meghan. Versões do príncipe e da mulher sobre questão do racismo não coincidem
Harry e Meghan. Versões do príncipe e da mulher sobre questão do racismo não coincidem
Ver artigo

No livro, é produzido um alegado diálogo entre Carlos e Camilla. O príncipe terá dito à mulher: "Questiono-me sobre como irá ser a criança". A obra diz que a duquesa da Cornualha terá "sido apanhada de surpresa" pela pergunta, e terá respondido: "bem, será linda, tenho a certeza". Este diálogo terá acontecido na manhã do dia em que foi anunciado o noivado de Harry e Meghan, 27 de novembro de 2017.

Mas o alegado diálogo não terá ficado por aqui. O príncipe Carlos, pai de Harry e William, terá, alegdamente, dito ainda: "Quer dizer, como é que achas que será a pele do filho deles?".

A polémica instalou-se, mas um porta-voz do príncipe Carlos já veio desvalorizar o que foi escrito. "Isto é ficção e não merece mais nenhum comentário", disse, de acordo com o jornal britânico "The Guardian", aos jornalistas em Barbados, no Caribe, local onde se encontra o príncipe Carlos para as celebrações da ex-colónia britânica, que é agora a mais recente república do mundo ao cortar os laços imperiais com o Reino Unido e a Rainha Isabel II.

Palácio de Buckingham reage às acusações de Meghan Markle e Harry
Palácio de Buckingham reage às acusações de Meghan Markle e Harry
Ver artigo

Estes novos desenvolvimentos estão diretamente relacionados com a entrevista que Harry e Meghan concederam Oprah Winfrey, em março, e na qual a duquesa de Sussex revelou que, durante a primeira gravidez, o tom de pele do filho foi assunto dentro da família real.

"Surgiram preocupações sobre como a sua pele [de Archie] poderia ser mais escura quando nascesse", disse na altura, acrescentando que isso poderia implicar que o filho não recebesse "segurança, nem um título". Apesar de ter sido questionada por Oprah sobre quem abordou este assunto, Meghan Markle nunca revelou, dizendo que isso seria "muito prejudicial" para a família.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.