Xana Abreu, também conhecida como Xana Toc Toc (projeto musical dedicado ao público infantojuvenil), foi a convidada deste sábado, 27 de fevereiro, do "Alta Definição". À conversa com Daniel Oliveira no programa da SIC, a artista de 45 anos tocou em vários pontos marcantes da sua vida e um deles foi ter sido abandonada pelo pai durante a infância.

Xana Abreu revela que teve um cancro da mama. "Eu estava-me a ir. Não da doença, mas pela cura"
Xana Abreu revela que teve um cancro da mama. "Eu estava-me a ir. Não da doença, mas pela cura"
Ver artigo

Contra todas as expectativas, esta quarta-feira, 3 de março, Xana partilhou com os seguidores, através da rede social Instagram, que tinha reencontrado a família paterna graças à entrevista.

"Só aqui entre nós... O que vos vou contar NÃO É FICÇÃO! Graças ao querido Daniel Oliveira e ao Alta Definição que fizemos juntos, a minha família paterna, que há muito que me procurava e eu não sabia, conseguiu encontrar-me e entrou em contacto comigo", começou por escrever a artista na descrição da fotografia onde aparece ao lado do diretor de programas da estação de Paço de Arcos.

"Perceberam que a Toc Toc tão gostada pela família era a mesma sobrinha/menina com quem tinham perdido o contacto há muitos anos atrás... A vida é uma ironia, nada é por acaso e eu não podia estar mais feliz. Aproveito para, e porque nunca é demais, agradecer todo o amor que tenho recebido de todos vocês. Obrigada! Estamos juntos!", rematou.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.