Os óleos essenciais são usados há muito tempo, mas nunca foram tão conhecidos como agora. Juliana Penteado está familiarizada com óleos essenciais desde pequena, mas só recentemente é que decidiu aplicá-los aos bolos que têm uma nova morada: o N.º 5 na Calçada da Estrela, em Lisboa.

Ao entrar na pastelaria Barü.ba, que abriu há dois meses, a 25 de junho, vai encontrar uma montra cheia de bolos cuja ementa varia semanalmente e que são como obras de arte, bem como uma mercearia com outros produtos confecionados na própria loja, também com óleos essenciais.

Confeitaria de sucesso no Brasil abre em Lisboa. Há bolo chocomousse e cheesecake de avelã
Confeitaria de sucesso no Brasil abre em Lisboa. Há bolo chocomousse e cheesecake de avelã
Ver artigo

É o caso das granolas, das geleias de sucesso — com frutos vermelhos cozinhados em chá de camomila ou de ameixa vermelha cozida em chá de hibisco e aromatizada com alfazema. "Acho que são as combinações que mais intrigam as pessoas", diz à MAGG a responsável da loja, Juliana, 31 anos, há três e meio em Portugal.

Mercearia Barü.ba
Mercearia Barü.ba créditos: instagram

Juliana, natural do Brasil, começou a frequentar um curso de culinária quando tinha apenas 12 anos, gosto que nunca a abandonou, mesmo quando foi estudar Nutrição no Brasil, área que chegou a exercer.

A responsável da Barü.ba fez também uma formação em gastronomia e decidiu aprimorar o sonho numa formação de cozinha e pastelaria na conhecida escola Le Cordon Bleu, em Paris, França. A partir daí foi sempre um pico de sucesso. Um deles foi quando veio para Portugal e esteve a trabalhar no restaurante 100 Maneiras, do chef Ljubomir Stanisic. No entanto, Juliana queria desenvolver o seu próprio projeto e saiu do restaurante após um ano.

Depois de refletir sobre qual o passo seguinte a dar, a brasileira decidiu ir provar mais de 70 doces tradicionais portugueses de norte a sul de Portugal numa viagem a que chamou rota amarela e que durou 30 dias.

"Acho que foi aí que se criou a minha relação com Portugal", afirma. Apesar de parecer uma loucura provar tantos doces num só mês, foi esta prova intensiva que despertou os sentidos de Juliana para criar — em março de 2021, em plena pandemia e dentro da própria casa —, um conceito de pastelaria com base em óleos essenciais que acaba de ganhar um espaço físico na Calçada da Estrela.

Juliana Penteado
Juliana Penteado créditos: instagram

Contudo, a ideia de casa não desapareceu, uma vez que quem entra na pastelaria Barü.ba sente-se bem acolhido.

"A cozinha é completamente aberta, as pessoas que entram na loja veem o que se passa na cozinha, acompanham o processo", refere Juliana. "Muitas vezes, quando está a sair bolo do forno, a loja está fechada e as pessoas entram para perceber o que é", não fossem os óleos um dos ingredientes de destaque dos bolos Barü.ba que atraem o olfato de quem passa junto à loja.

De que é feito um bolo com óleos essenciais?

A viagem por Portugal fez com que Juliana Penteado percebesse que a nossa doçaria está muito ligada a valores que também lhe são próximos. "É uma coisa muito familiar. O meu olhar foi muito para esse lado meio materno, feminino, para essa coisa do intuitivo das receitas que eram feitas a olho", conta à MAGG. O espírito que sentiu ao descobrir os doces conventuais é o mesmo que traz consigo desde pequena e que está por detrás do nome do projeto — que tem um significado especial.

"O nome vem de um mantra que a minha mãe cantava para mim e para as minhas irmãs quando éramos mais novas. Era um mantra para acalmar e despertar esta coisa do materno e do feminino", diz a responsável da Barü.ba. Tudo isto está relacionado com os óleos essenciais usados nos bolos e que são escolhidos de acordo com a função em cada um e consoante a composição dos restantes ingredientes — grande parte de origem nacional, como o mel do Alentejo e a flor de sal de Castro Marim.

É também de criança que vem o motivo pelo qual Juliana escolheu usar óleos essenciais nos bolos. "A minha mãe sempre usou essa forma de tratamento, a aromaterapia. Seja para uma massagem ou para pôr no inalador. Sempre houve um pouco esse cuidado na minha infância. Quis trazer isso, fui tirar um curso de aromaterapia e aí entendi que tinha mercado para isso", conta.

Há, no entanto, algo a esclarecer: será que os bolos, por levarem os óleos essenciais, são também terapêuticos? "São óleos essenciais específicos para uso culinário. É importante ressalvar isso, porque nem todos os óleos essenciais podem ser usados para fins comestíveis e a empresa onde compro são feitos só para essa finalidade. São óleos extraídos a frio, biológicos e têm certificado", explica Juliana.

Seja de que forma for, além de regulamente cheirar a bolo acabado de fazer na Calçada da Estrela, ao comer vai poder sentir os aromas de cada obra de arte. "É um perfume, uma coisa bem subtil", descreve, sobre os aromas que vão desde os bolos às caldas adicionadas por cima, também confecionadas com óleos essenciais.

Para poder chegar ao resultado final, Juliana teve de fazer vários testes até perceber qual o momento ideal na preparação dos bolos e caldas em que devem ser colocados os óleo essenciais. O resultado está agora à vista dos olhos que comem logo pelo aspeto dos bolos e das bolachas que são também um sucesso de vendas e atraem os mais e menos gulosos.

A ementa dos bolos varia todas as semanas (e é partilhada no Instagram), porque Juliana gosta de dar largas à criatividade e mostrar novas combinações irreverentes. Vai poder encontrá-las na nova loja (entre 3,20€ e 6,90€ ou a fatia do bolo do dia 2,50€), bem como as bolachas e produtos da mercearia feita pela responsável.

Barü.ba

Localização: Calçada da Estrela 5, 1200-661 Lisboa
Horário: de quarta a sexta-feira das 12h às 17h; sábado das 10h às 14h
Instagram: baru.ba_

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.