Depois de ser um espaço dedicado a vários restaurantes — onde o Sushic de Almada chegou a existir —, o Palácio Chiado mudou de conceito em maio deste ano, e rege-se agora por regras bastante mais simples: no piso térreo, o bar SALLA (que pode conhecer aqui) serve-lhe cocktails de autor, snacks delicosos e música ambiente para matar saudades das discotecas no final de um dia de trabalho; no piso superior, o restaurante tem tudo para lhe oferecer uma refeição fabulosa e cheia de pratos deliciosos.

Não desconfie dos restaurantes de hotéis e conheça o Lima — e prove os profiteroles
Não desconfie dos restaurantes de hotéis e conheça o Lima — e prove os profiteroles
Ver artigo

No renovado restaurante do Palácio Chiado, as entradas exigem logo o desafio de não as pedir a todas e arriscar ficar sem fome para os pratos principais. Entre outras opções, há ostras ao natural (2,90€ a unidade), presunto Pata Negra com torricado de tomate concassé e coentros (17€), carpaccio de polvo com picadinho algarvio (18€), camarão salteado com sweet chilli e guacamole (17€), taquinhos de lagosta (17€) e um tártaro de novilho (13€) delicioso, que entrou para o top de favoritos da MAGG aquando da nossa visita ao espaço. Temperado na perfeição e com uma casca de batata frita a acompanhar, sentimos que éramos capazes de viver dentro daquele tártaro.

Palácio Chiado
Tártaro de novilho créditos: Luis Ferraz

Já nos pratos principais, se ainda conseguir ter espaço depois de tantas entradas maravilhosas, há muito para provar. Experimente o filete de garoupa grelhada no carvão (28€), o lombo de bacalhau meia cura BT em azeite aromatizado (26€), o magret de pato braseado (24€) ou o camarão tigre com risotto de camarão e espargos com lima (34€), entre outras opções.

Acabámos por preferir dois pratos de carne, igualmente bem confecionados, saborosos e servidos em doses bem generosas. Falamos do cachaço de porco ibérico crocante com molho de marisco e puré de batata e marisco (17€) e do lombo de novilho à Barão, com batata frita, ovo e presunto (28€).

Cachaço de porco
créditos: Luis Ferraz

Enquanto que o cachaço nos conquistou com a subtileza do molho numa carne mais pesada e também com a junção do marisco no puré de batata, não há nada a apontar ao lombo de novilho, prato onde foram respeitadas as diretrizes principais que constituem um bom bife. Carne de qualidade mal passada, batatas fritas e ovo estrelado no ponto, e ainda umas fatias de presunto deliciosas a dar um extra de sabor ao bife. Mais que aprovado.

Lombo de novilho
Lombo de novilho créditos: Luis Ferraz

A refeição não pode acabar sem uma nota doce, certo? No Palácio Chiado pode escolher entre a leveza da fruta laminada (6€), ou a decadência (no bom sentido, claro) do parfait com chocolate, caramelo salgado e flor de sal (8€) e do biscoito, uma sobremesa composta por chocolate e pralinê de avelã, pudim de chocolate preto, framboesa fresca e creme de baunilha (9€).

Entre outras opções, pode ainda render-se aos sabores frescos do verão e preferir gelados e sorbets (a partir de 5€), com sabores como goiaba, framboesa, morango, chocolate, nata, cato lima verde e limão, para além de outras alternativas.

Palácio Chiado
créditos: Francisco Nogueira

Face às regras atuais, a partir das 19h de sexta-feira e durante todo o fim de semana, é necessária a apresentação de certificado digital ou teste negativo para consumir no restaurante.

Morada: Rua do Alecrim 70, Chiado, Lisboa
Telefone: 210 101 184
Horário: 12h30-22h30. Aberto todos os dias

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.