Em Lisboa, as chamuças fazem parte daquele lugar privilegiado no qual só entram iguarias dignas de ranking. Onde se comem os melhores croquetes? Os melhores caracóis? O melhor bolo de chocolate? E, claro, as melhores chamuças.

Há quem prefira as de snack bar, bem oleosas e acompanhadas de uma cerveja — que nem todos nascemos com umas papilas gustativas de Goa — e quem faça verdadeiros périplos à procura daquele que será o melhor triângulo recheado desta cidade.

Morada: Rua Professor Carlos Teixeira 7A, Lisboa
Horário: 9h–14h30, 18h30–21h30
Telefone: 211 920 777

Mas a verdade é que, seja em snacks ou em restaurantes de especialidade, os recheios não variam muito e acabamos sempre por ter a versão de carne ou a de legumes. Mas agora, a história é outra.

Acaba de abrir em Lisboa aquela que é a primeira chamuçaria do País — e arriscamos em dizer que não haverá assim tantas no mundo. A Chamuçaria abriu em Telheiras, com chamuças às cores e com recheios originais. Há de frango, cabrito, peixe, choco e lulas, camarão, batata. lentilhas e vegetais, cada uma com a sua cor, que é conseguida através de corantes naturais.

E se lhe dissermos que até a sobremesa pode ser uma chamuça? É que além da versão salgada, eis as doces: chocolate negro, tarte de maçã e uma com creme.

Aqui nada é industrializado ou processado: a massa é caseira, recheada e dobrada à mão, com ingredientes naturais. É que as mentes por detrás do projeto sabem do assunto. Falamos aqui de três gerações com origem na Índia, mas é Rosy Daia a chef de serviço, que bebeu todo o conhecimento que a mãe e a sogra lhe passaram nas muitas chamuças que viu nascer em ssua casa.

O filho, Shahid Merali, é a mente criativa do projeto e criou um menu que tanto pode servir para take away — até pela praticidade do produto — mas que convida a ficar. Serve almoços e jantares e tem menus completos com chamuças, acompanhamentos, bebida, sobremesa e café.

Um menu no prato, por exemplo, inclui três chamuças, um acompanhamento (arroz basmati, mix de batata e mandicoa ou salada), um molho (leite de coco, caril, lentilhas), uma bebida, um café e uma sobremesa custa 13€. Mas se a ideia for mais petiscar, tem sempre uma tábua de seis chamuças a 9€ ou pode sempre pedir à unidade (1,75€).

Mas para quem quer dar uma pausa nas chamuças, existem outros pratos disponíveis, como o caril de cabrito (11,50€), caril de lentilhas verdes (8,50€), camarão Black Tiger em leite de coco (12,50€) ou biryani de frango (11,50€).

Nesta fase, o consumo no local vai estar limitado devido à pandemia e, por isso, funcionará essencialmente como take away e através de serviço de entregas próprio, mas está também na UberEats e na Glovo.

Espreite aqui alguns dos sabores (e cores) mais originais do menu:

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.