Basta passar meia hora na esplanada do Santa, na Rua São João da Praça, em plena Alfama, mesmo junto à Sé, para ver turistas e locais serem seduzidos pela luz e ambiente do restaurante lisboeta e pararem para espreitar a carta posicionada estrategicamente no exterior do espaço.

A eficácia não é total, mas anda lá perto, e a grande maioria dos passantes acaba mesmo por entrar no Santa, que depois de nos ter conquistado aqui e ter passado janeiro de portas fechadas, reabriu com novos sabores na carta que vale a pena conhecer.

Feijoada e picanha de dia, noites de comédia com bolinhas de queijo à noite: conheça o Emporium
Feijoada e picanha de dia, noites de comédia com bolinhas de queijo à noite: conheça o Emporium
Ver artigo

Não é preciso desesperar, já que o incrível Tártaro da Sé (14€), um tártaro de salmão em base negra crocante com ovas de wasabi, mantém-se firme e forte na carta do Santa. A fazer-lhe companhia estão novidades como o Tá Comigo, Tá Com (12€), três tacos de ossobuco com cebola frita e pickles caseiros, os sonhos de polvo (10€), bolinhos de polvo com pimentos, tomate e salsa de aioli com algas, e ainda o xadrez de porco e polenta (10€), barriga de porco frita, polenta e ketchup de morango.

Santa
Tacos de ossobuco

Nos pratos principais, o salmão saiu da carta (apenas está disponível na oferta para crianças) , mas há propostas que o vão fazer salivar. Não resista ao Pecado Perdoado (25€), uma proposta com camarões tigre e vieiras com creme de cenouras e espargos (um prato que, de acordo com o staff, é um dos preferidos), ou à nova adição no que diz respeito às carnes — é que não podíamos estar num espaço com alma brasileira sem ter na ementa um prato de picanha.

A recém-chegada Homenagem à Brasilidade (22€) faz-se de um corte de picanha Black Angus, com arroz terra e mar, feijoada finalizada com farofa e crocante de porco e ainda cebola grelhada.

Nas sobremesas não há alterações, o que facilita a escolha do já icónico Ajoelhou, Vai ter que rezar (9€) — não dá para resistir a este nome e à junção de mini churros leves, com requeijão de cabra com mel, caramelo salgado e crumble.

Santa
O ambiente do Santa

Peça o que pedir, siga a nossa dica e acompanhe com uma bebida clássica da carta antiga, mas que continua a valer a pena repetir: falamos, claro está, da maravilhosa sangria de maracujá e maçã verde (25€ o jarro).

Sangria

O Santa está aberto diariamente, com serviço à carta ao almoço e jantar, e existe também um menu de brunch servido entre as 9h e as 12h. Inclui bebida quente, sumo natural, açaí ou iogurte, e torrada, crepioca ou panquecas com topping à escolha (15€ por pessoa).

Morada: Rua São João da Praça 103, Lisboa
Telefone: 218 872 359
Horário: 9h-00h

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.