Lisboa tem um novo restaurante de sushi onde o que importa não são só os rolinhos. Tem também destaque a decoração que pode vir a ser premiada e o vinho português que faz deste um espaço com "duas artes em momentos inesquecíveis", tal como se apresenta.

"Juntámos o sushi, uma das artes japonesas, com uma das especialidades portuguesas, que é o vinho. Temos uma grande seleção, de qualidade, e quase exclusiva, que não se encontra nas grandes superfícies ou mini mercados", explica à MAGG o proprietário do novo espaço no Areeiro, Miguel Teotónio, de 31 anos, formado em Gestão.

Tiago fala de uma marca de vinhos em específico, a Adhoc Wine, que fará parte das refeições no Ōshiki, seja em que versão for. É que, apesar de o sushi ser uma refeição predominantemente de peixe, a regra não tem de ser vinho branco.

"Temos para todos os gostos. Pessoalmente sou do grupo de vinho branco ou rosé. Mas temos uma boa seleção de vinhos tintos que acho que acompanham bem o sushi. Temos uns mais leves e outros mais pesados, conforme as pessoas gostem", continua.

O bitoque de lagosta do XXL e o sushi do Yakuza estão mais baratos: aproveite os 40% de desconto
O bitoque de lagosta do XXL e o sushi do Yakuza estão mais baratos: aproveite os 40% de desconto
Ver artigo

De vinhos entende Miguel Teotónio, mas de sushi é o chef Rúben Vieira quem trata, que trabalhou e aprendeu com o chef português Miguel Bértolo, especialista na cozinha japonesa. Parece que a lição ficou mais do que bem aprendida, porque os pratos têm sido um sucesso desde a abertura do espaço, a 21 de janeiro de 2021.

À segunda arte do Ōshiki, relativa aos vinhos portugueses, quem quiser pode juntar um hábito português: petiscar. É que as entradas estão carregadas de sabores que, segundo Miguel, todos devem provar. Destacam-se o carpaccio de robalo (12€), o atum kimuchi, com feijão verde, cenoura e kimuchi (8,50€) e o tataki de atum (14€).

Fora as entradas, os combinados são os que mais saem da cozinha para a mesa, com valores que vão desde os 11,90€ para o combinado de dois temakis aos 55€ para um combinado a partilhar composto por 44 unidades de sushi e 15 de sashimi. Ainda pode completar com os quentes hot rolls de salmão, manga e filadélfia (5,50€) e, se conseguir chegar lá, terminar com as sobremesas mais sedutoras da carta: o bolo de chocolate (4€) e a tarte de maracujá (4€).

Combinado
Combinado créditos: instagram

Para breve, à ementa bastante completa ainda vão juntar-se peças com ingredientes mais premium. "Vamos ter a barriga de atum, o toro, o uni, que é o interior dos ouriços, e umas coisas mais especiais", revela Miguel Teotónio.

Tudo isto é degustado num espaço pequeno, mas cheio de detalhes do teto às cadeiras (ou mesmo sofás para relaxar enquanto os pauzinhos esperam que dê conta de tudo o que há para provar). A decoração é obra da designer Paula Gouveia, que vai concorrer com este restaurante para um prémio internacional.

Ōshiki
Ōshiki créditos: Ōshiki

Antes que o mundo conheça o Ōshiki, faça a reserva para conhecer o espaço (também disponível em take away).

Ōshiki

Localização: Avenida de Paris 18C, 1000-229 Lisboa
Horário: de terça a domingo das 12h às 15h30 e das 19h às 22h30
Reservas: +351 211 369 866/ +351 913 065 811

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.