Voltamos a casa e à pilha de loiça que nunca deixa de crescer na cozinha. Para uma pausa nos cozinhados e uma ajuda extra a todos os restaurantes que se viram obrigados, mais uma vez, a fechar portas, a MAGG dá uma sugestão por dia para uma refeição caseira mas com sabor que vêm de fora.

Vegetarianos, especializados em leitão, sushi, pizzas ou saladas, espere de tudo. Até porque os restaurantes já provaram serem capazes de tudo para sobreviver a uma pandemia.

Para os esquisitos ou indecisos, em vez de um restaurante desta vez trazemos cinco conceitos desenvolvidos pelas mãos de Nuno Queiroz Ribeiro. O chef não brinca apenas com o fogo junto ao fogão, uma vez que desafiou-se a abrir o restaurante Mediterra em plena pandemia e agora a reinventá-lo — e ainda bem. É que agora já pode continuar a degustar as iguarias deste restaurante através do serviço de entrega ao domicílio. E não são as únicas.

À oferta do Mediterra juntam-se mais quatro conceitos, que trocam os sabores mediterrâneos pelo de vários territórios americanos. Mas já lá vamos. Para já, saiba o que encomendar do restaurante que não serve comida saudável, mas sim saúde à mesa.

Entre as opções, há creme de legumes (2.5€) ou exóticos húmus (4.5€) para entrada, peito de frango marinado com especiarias (13.5€) na carne ou polvo assado com massa kataifi (16.5€), se preferir comer peixe. E quem disse que saúde à mesa não combina com sobremesa? Aliás, até rima, mas a verdadeira harmonia de sons acontece quando lhe falamos em cheesecake vegan com mousse de abacate do Algarve e amêndoa laminada (6€ fatia/35€ inteiro) ou bolo de chocolate e pimenta rosa (4€ fatia/25€ inteiro).

Nuno Queiroz Ribeiro. "O leite achocolatado tem mais açúcar do que uma Coca-Cola e é permitido nas escolas públicas"
Nuno Queiroz Ribeiro. "O leite achocolatado tem mais açúcar do que uma Coca-Cola e é permitido nas escolas públicas"
Ver artigo

Ainda no Mediterrâneo, passamos para os sabores de Itália com o "Italian Job". O chef sugere esparguete de peru com espinafres, tomate assado e queijo feta (14.5€), linguini nero de camarão e puntinillas (14.5€) ou risotto de vegetais (12€).

Para os fãs de carne, eis um hambúrguer de vaca 100% maturada (4€) do conceito "Burger House", o mesmo que tem um hambúrguer vegetariano de cogumelos com feijão preto e caju (3.5€), bem ao estilo da América do Norte. Já para os lados da América Latina, há inúmeras opções nas "Empanadas Argentinas" — desde a empanada de queijo e cebola caramelizada (3.5€) às empadas doces de chocolate e frutos secos (3.5€) ou de doce de leite Argentino San Ignacio (3.5€).

Seja de que parte do mundo for, não meça os quilómetros, nem as calorias, porque o chef Nuno Queiroz Ribeiro garante que equilíbrio é o que não falta nestes pratos.

Mas atenção. Se contou bem, ainda só falámos de três conceitos. Falta referir as sobremesas e snacks "Coffee House", para dar um reforço (doce) a meio do dia, bem como os congelados — a salvação para preparar uma semana agitada. Para os mais tradicionais, nada como um bacalhau gratinado com alho francês, espinafres e couve flor (35€), para os vegetarianos, um tofu bio com crosta de coentros (25€), e para os práticos, empanada de espinafres (3€) ou de queijo e milho doce (3€). Tudo é entregue em doses familiares e pronto a congelar para que quando estiver com preguiça de cozinhar tenha algo saudável à mão.

Todos os menus estão disponíveis no Instagram do chef Nuno Queiroz Ribeiro ou do restaurante Mediterra. Pode fazer as encomendas por telefone ou através da Uber Eats.

Entregas: zona da grande Lisboa
Telefone: 938 394 820
Horário: de segunda a sábado, das 10h às 22h.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.