O ano está a ser de loucos e a nossa sorte é que a gastronomia está a acompanhar esta loucura. As novas caras dos restaurantes em Lisboa decidiram arregaçar as mangas, lançar projetos e, ao mesmo tempo criar uma espécie de comunidade. Eles cozinham juntos, nós apreciamos.

Em maio, o Chapitô voltou a abrir portas com o Pedro Bandeira Abril no comando, que criou uma carta de comida portuguesa, mas nada tradicional. Rissol de raia e sardinha com figo, parece-lhe bem?

Dois meses depois, em julho, decidiu dar a mão a outros colegas e, em modo tribo, criaram uns jantares que metem fogo, vinhos e esplanada, num trio perfeito que só podia ter dose dupla.

Agora, todas as segundas-feiras de setembro são dia de Friendly Fire. Das 18h às 23 horas, a carta é especial e feita a várias mãos.

Chapitô à Mesa reabre com chefs em festa, fogo e menus especiais
Chapitô à Mesa reabre com chefs em festa, fogo e menus especiais
Ver artigo

"A premissa é a mesma: gente jovem, negócios independentes e só vale grelha e carvão. Desta vez juntámos os pasteleiros à festa para complementar a oferta. A vibe é a mesma. Descontração, comida e bom ambiente. Viemos para ficar”, diz Pedro Bandeira Abril, chef do Chapitô à Mesa, em comunicado.

O Friendly Fire começa no dia 7 de setembro com Tiago Lima Cruz, Pedro Forato (Prado), Marta Figueiredo (Estrela da Bica) e Miyuki Kano (ex-pasteleira do SÁLA e do Kanazawa).

A 14 de setembro, Leonor Godinho (Musa da Bica), José Saudade e Silva (Cacué), João Baião, Cristiano Barata e Miguel Diniz (responsáveis pelo takeover da Musa da Bica em agosto) e William Ferro Melo tomam conta da cozinha.

A 21 de setembro, Mateus Freire (Faz Frio), Nikita (Celmar), Pedro Monteiro (Fábrica da Musa) e Joana Xardoné (ex-Apicius) compõem o cartaz do terceiro dia.

A encerrar a segunda temporada, no dia 28 de setembro, a noite fica a cargo de José Paulo Rocha (O Velho Eurico), Bernardo Agrela (A Praça - HUB Criativo do Beato), Manuel Liebaut (FOGO) e Carolina Pereira (pasteleira do LOCO).

Os menus vão saindo ao longo do mês, mas conte sempre com pratos que variam entre os 5€ e os 7€. A reserva é aconselhada.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.