A sexta gala de "Big Brother - A Revolução" prometia, logo no início "quebrar todas as barreiras". Ao fim de 35 dias, veio abaixo a parede que tapava a vista para o mar da Ericeira e os concorrentes exultaram. Parecia que estávamos em Berlim, em 1989. Só faltou mesmo o David Hasselhoff a cantar o "Looking for Freedom". Foi bonito de se ver.

Há umas semanas, escrevemos aqui que essa podia ser uma das medidas a tomar para que o programa tivesse maior dinâmica. Coincidência ou a produção do reality show andar a ler a MAGG? Seja como for, é uma mudança bem vinda. Com a chegada do tempo farrusco e a adivinhar-se a continuidade da pasmaceira na casa, pelo menos os telespectadores sempre têm alguma coisa para entreter a vista.

5 ideias simples para salvar "Big Brother - A Revolução"
5 ideias simples para salvar "Big Brother - A Revolução"
Ver artigo

Teresa Guilherme, toda ela uma deusa da reality tv em cor-de-rosa, adotou finalmente uma postura mais interventiva com os concorrentes e saudamos essa mudança. Jéssica Fernandes surgiu com o cabelo esticado e só assinalamos essa novidade porque, num "Big Brother" tão paradito, qualquer coisa serve para a animar a malta.

teresa guilherme gala 6
créditos: TVI

Já não é a primeira vez que, durante uma gala, a voz do Big Brother surge com uma qualidade de som péssima, quase como se estivesse a ligar de uma cabine telefónica em Hong Kong. O que é que se passa ali? Não sabemos. Mas lá que é estranho, é.

Na primeira de várias intervenções da noite, Ana Garcia Martins compara Pedro a um "creepy uncle" e tem toda a razão. O Pedro é muito creepy mas, por alguma razão, os telespectadores do reality show gostam tanto dele que acabam sempre por salvá-lo.

O jogo começa com nomeações que, afinal, são uma partida aos concorrentes. Eles acham que vão nomear mas, na realidade, vão escolher um concorrente (o Pedro) para ou ter imunidade ou nomeação direta. "Mas como assim?", pergunta a Carina. Assim mesmo, filha. Pegas num papel, botas lá um nome e já está. Ao fim de 20 anos de reality shows, a moça ainda não percebeu como é que a coisa sucede.

Não querendo fazer hair shaming mas fazendo: a produção bem que podia mandar um cabeleireiro à casa da Ericeira ir lá fazer umas horas. É que as raízes da Joana, Liliana, da Jéssica Antunes, da Zena e do Rui Pedro estão num estado de calamidade (gostaram do trocadilho oportuno?). E, já agora, alguém diga ao André que pôr o cabelo para a frente para disfarçar a calvície não funciona com ninguém.

gala 6

Ó meu Deus, o pai da Jéssica Fernandes e a sua esposa, a ex-concorrente Sandra, em tons de bandeira portuguesa. Este homem nunca nos desilude. Faz-nos lembrar assim um demónio fofinho, tipo Tim Curry no filme "Legend".

pais jessica fernandes

Rui Pedro ainda não se apercebeu que vai bem lançado para tomar o lugar de Joana na categoria de vilão desta edição do "Big Brother". O concorrente de Oliveira do Hospital diz que não consegue "interpretar" porque é que é o "rei sol" da casa. Fazemos-lhe um desenho ou deixamos a coisa assim?

As imagens das conversas em surdina de Andreia e Joana são do melhor que já aconteceu neste "Big Brother". Finalmente, duas dignas representantes daquele espírito gostoso de coscuvilhice que a malta gosta. Ao contrário da planta Sofia, que diz tentar ver "o melhor nas pessoas". Muito fofa. Temos de fazer um workshop com ela para aprendermos como é que se faz.

Voltando ao Rui Pedro, em particular ao momento em que é encavado em direto por Teresa Guilherme, que revela que o concorrente tem "uma mulher especial fora da casa". Ui! Queremos saber tudo! Nós e, pelos vistos, a Jéssica Antunes que, apesar do ar impávido e sereno, deve ter ficado a ferver por dentro.

"Porque é que não acordam, filhos? Mostrem-se!", diz Teresa Guilherme, a verbalizar o que todos sentimos quando vemos esta malta arrastar-se do sofá para a cama e da cama para o sofá.

Vamos para a sala das decisões, para a batalha dos líderes que, coincidentemente, também é a batalha dos concorrentes mais irritantes deste "BB": Andreia e Rui Pedro. O Rui Pedro diz que é um "líder natural". Tão natural como aquelas madeixas, acrescentamos nós.

andreia e rui pedro big brother

O olhar da Joana define o nosso estado de espírito: a conter-se para não revirar os olhos como gente grande. Arriscamos dizer: a Joana é o nosso spirit animal a ver este "Big Brother".

joana rui pedro big brother

Ainda nao houve mini break? Está tudo maluco. Ah, esqueçam, cá está ele.

Terceiro comentário d'A Pipoca Mais Doce no espaço de uma hora? Alguém anda a ler os comentários nas redes sociais! E ainda bem. Mas foi sol de pouca dura porque, 15 segundos depois, lá vamos nós para mais um intervalo.

André Filipe em entrevista com brinquedo em forma de brócolo

E, agora, o momento mais WTF da noite: a entrevista de Teresa Guilherme ao concorrente mais polémico desta edição, apesar de só lá ter estado meia dúzia de dias: André Filipe. No início da entrevista, que foi pré-gravada, o jovem começa por cumprimentar Teresa com um "namaste". Começamos bem. O rapaz parece estar noutra dimensão, ou então com sono. Diz que o facto de ter vandalizado o exterior da casa foi "manifestação de paz". "Um happening", acrescenta Teresa Guilherme. "Um surto psicótico", diagnosticaram os médicos que trataram o rapaz durante o internamento no Hospital Garcia de Orta.

André Filipe do "Big Brother" teve alta, após lhe ter sido diagnosticado um surto psicótico
André Filipe do "Big Brother" teve alta, após lhe ter sido diagnosticado um surto psicótico
Ver artigo

A presença de André Filipe é constrangedora e triste. E até Teresa Guilherme parece estar desconfortável. O ex-concorrente saca do bolso um brinquedo em forma de brócolo, em alusão ao momento em que desatou a comer este vegetal durante a sua curta passagem pela casa. "O sol vai começar a brilhar a partir de hoje, que eu estou aqui com a Teresa". Que medo. Teresa Guilherme diz que espera encontrar André Filipe num outro programa. Nós cá dispensamos.

andre filipe brocolo

E agora que já despachámos o momento WTF da noite, vamos ao casal mais boring da casa, Jéssica Antunes e Rui Pedro. O Rui Pedro (voltamos sempre a este moço) é aquele tipo que se acha última Coca-Cola no deserto. Eu diria que é mais uma Spur Cola no areal da praia do Samouco. "Estou apaixonado por ti", diz à Jéssica e nós ficamos a pensar o que achará disto tudo a sua amiga especial. Rui Pedro mente, Jéssica mente, não se passa nada debaixo dos lençóis. Ela está meio envergonhada mas a disfarçar, ele claramente a adorar o protagonismo.

Mais uma voltinha, mais um casal: Jéssica Fernandes, Renato, com um extra de cenas de ciúmes e um toquezinho de ponchaZena. Afinal não, vamos à Curva da Vida da Jéssica. Ficamos sempre com a sensação que este segmento é tão editado, mas tão editado que o resultado final não é uma curva mas uma estrada em ziguezague cheia de buracos. No caso da Jéssica Fernandes, ficamos sem perceber patavina do que se passou, só que fugiu duas vezes de casa por causa de uns namorados. "Não gosto nada de me ver em televisão", queixa-se a Jéssica. Ai filha, vieste parar ao sítio certo.

Momento fofo da noite. Arranjem-me um homem que olhe para mim como o Renato olha para a Jéssica e caso. Já.

Renato e Jéssica Fernandes

Aqui vamos nós à rainha Zena e ao seu lacaio do prazer, André Abrantes. Se Ana Catharina era a empoderada do "BB2020", a madeirense é a desta edição. Usa o André para o bacanal noturno e, depois, "a e tal somos s amigos". É assim mesmo, rapariga. Tu vai com tudo. Gostamos do look conjunto do André e da Zena. Faz-nos lembrar o nosso baile de finalistas. Em 2001. Volta, Y2K, estás perdoado.

zena andre abrantes

Teresa Guilherme tenta espicaçar Zena mas o que lhe sai é um comentário um bocado triste e até machista. "Eu se fosse amiga da Zena nunca lhe apresentaria um namorado meu". A sério que isto aconteceu?  Há aqui uma coisa que não bate certo: têm havido ondulações de edredões entre Rui Pedro e Jéssica Antunes e André Abrantes e Zena e ninguém fala disso?

Liliana bem tentou pregar a palavra e encher a casa de sermões politicamente corretos. Resultado? Foi de vela.

liliana e teresa guilherme
créditos: TVI

Regressamos do intervalo. O Pedro está imune e impõe-se o product placement ao Continente, desta vez não tão metido a martelo e com a líder Andreia a agradecer a generosidade. Sofia é a líder da semana. Preve-se um caos sereno com zero decisões e uma pasmaceira incrível.

O melhor comentário da noite é o de Ana Garcia Martins, qual granada que aterra na cabecinha de Liliana, expulsa e recém-chegada a estúdio. "Deu nas vistas? Não deu". Que bomba de Hiroshima. Que bom.

Ah, os nomeados! Perdi-me com tanta troca e baldroca. Andreia, Joana, Carina, Zena, Jéssica A. e Jéssica F. Ufa, parece a Ladies Night nas Docas. Pronto, são 00h46. Acabou. Agora é esperar que a Carina cumpra a promessa e deixe de fumar. Não lhe dou 24 horas.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.