Que o Funchal está na moda, já sabíamos. Que a Madeira é um autêntico paraíso, também. O que pode ainda não saber é que no meio de tantos hotéis — dos de cinco estrelas que conquistam as celebridades aos alojamentos "perdidos" no meio da floresta —, há uma unidade turística com uma vista de cortar a respiração, quartos espaçosos e modernos, comida de comer e chorar por mais e bares que fazem o pleno: cocktails fresquinhos, oceano Atlântico como moldura e tudo isto enquanto mergulha numa piscina do mais instagramável que há.

É assim o Next, a unidade mais recente do grupo Savoy, que abriu portas no verão de 2021 — num período de soft opening que de soft (leve) nada teve, dado que as reservas ficaram logo lotadas, contaram-nos os responsáveis da unidade — e que a MAGG teve oportunidade de visitar já em 2022, numa altura em que a pandemia já deu (algumas) tréguas.

Allegro Madeira. O hotel só para adultos, dos quartos aos novos cocktails
Allegro Madeira. O hotel só para adultos, dos quartos aos novos cocktails
Ver artigo

Logo à chegada, percebemos o porquê de esta unidade quatro estrelas ser tão virada para os nómadas digitais e público mais jovem (embora tenha agradado a todos os públicos, mesmo os mais velhos): na receção, para além de poder fazer o check-in da forma tradicional, com a ajuda do staff do hotel, pode efetuá-lo numas máquinas logo perto da porta, lugar onde também pode marcar a sua próxima estadia quando chegar a hora de dizer adeus ao Next. Spoiler alert, vai querer fazê-lo.

Dos mergulhos de cocktail na mão até à vista instagramável. Fomos até ao Funchal descobrir o Next
Pode fazer o check-in diretamente.

Já com o cartão do quarto nas mãos (nota importante: ande sempre com o cartão, dado que precisa de passar o mesmo nos elevadores para conseguir ter acesso a todos os andares, à exceção do da receção e porta para o exterior), reparámos num painel digital junto aos elevadores, onde são divulgadas as partilhas nas redes sociais dos hóspedes. Se quiser ver as suas fotos lá, basta identificar o hotel e fazer os devidos tags, para além de ter um perfil público, claro.

Ainda antes de chegarmos ao quarto — e que quarto, meus amigos —, sabemos que, para além das piscinas e bares, há mais valências que todos os hóspedes podem utilizar. Para além da sauna e banho turco, e dos divertidos jogos junto à receção (sim, há mesmo máquinas de pinball, à melhor moda das clássicas "arcades" norte-americanas), existe um ginásio aberto 24 horas por dia. O que é que é mais nómada digital do que isto? Pouca coisa, arriscamos dizer.

Ter um quadro de sonho ao abrir a janela

O Next pode ser só um hotel, mas na verdade existem dois edifícios que compõem a unidade que aloja 130 quartos, entre as diferentes tipologias, dos standards às suites, com vista mar ou cidade e até apartamentos com kitchenette dedicados a estadias mais longas.

No nosso caso, ficámos alojados numa Ocean Suite, aqui com o extra de sorte de nos calhar uma mesmo junto ao pátio que faz a passagem entre os dois edifícios, na direção de um elevador que dá acesso à piscina principal, restaurante e mar. E, na verdade, ainda antes de explorar a espaçosa suite, não resistimos a abrir a janela e deliciar-nos com a vista desimpedida do oceano.

Dos mergulhos de cocktail na mão até à vista instagramável. Fomos até ao Funchal descobrir o Next
Não há como bater esta vista. créditos: AJK 2021

Da varanda — pátio, na realidade — não temos nada à frente que nos impeça de apreciar o Atlântico, e ainda contamos com uma mesa para longas conversas noite dentro e um sofá exterior se preferir bronzear-se nesta espécie de solário particular.

Voltando para dentro, ficámos apaixonados pela decoração do quarto, em especial com as linhas modernas da cama, e do aproveitamento do guarda-vestidos aberto, onde as gavetas e armários que raramente usamos em estadias mais curtas são substituídas por uma espécie de charriot de luxo. Os seus vestidos continuam direitos, há uma ou outra gaveta para guardar o que necessitar, e o espaço do quarto é aproveitado ao máximo.

Dos mergulhos de cocktail na mão até à vista instagramável. Fomos até ao Funchal descobrir o Next
O espaço é aproveitado ao máximo.

Já nesta suite em especial, os problemas causados sobre quem vai usar primeiro a casa de banho acabam com a existência de duas: uma com uma estrutura mais antiga, cujos traços reconhecemos da antiga unidade turística que aqui existia antes de ser Next, e uma segunda já com o traço moderno que caracteriza o hotel.

Esta casa de banho mais moderna está mesmo dentro do quarto, e aproveita mais uma vez o espaço de forma super inteligente, ao dividir a cabine de duche de uma segunda dedicada às necessidades fisiológicas. E podemos trazer o espelho do lavatório para casa? Precisamos.

Nada grita mais Instagram do que cocktails dentro da piscina

O Next não tem piscina interior, mas compensa com duas exteriores. Mesmo junto ao mar, encontra a maravilhosa piscina principal, acessível pelo elevador (prefira sempre o panorâmico), de água salgada e apoiada por espreguiçadeiras e chapéus de sol às riscas amarelas e laranjas que nos remetem para as praias da costa italiana.

Dos mergulhos de cocktail na mão até à vista instagramável. Fomos até ao Funchal descobrir o Next
A piscina principal é de água salgada.

O que aqui não falta são mesmo locais onde apanhar sol, das camas junto à esplanada do bar e restaurante Recharge, ou na zona de solário, perto do acesso ao mar. E sim, até pode ser pessoa de piscina, mas não perca mesmo a oportunidade de descer as escadas de pedra e mergulhar diretamente no Oceano Atlântico.

Next
É daqui que pode mergulhar diretamente no oceano Atlântico. créditos: AJK 2021

Mas falámos de duas piscinas, certo? Se uma está junto ao mar, a outra está nas nuvens. É num dos pisos mais superiores do Next que encontra a segunda piscina, mais dada a refrescos do que propriamente mergulhos, dada a pouca profundidade, e junto ao bar com a melhor vista de sempre: o Cloud Bar. E sim, cenário próprio de Instagram.

Dos mergulhos de cocktail na mão até à vista instagramável. Fomos até ao Funchal descobrir o Next
Piscina e bar? Ótima combinação.

Seja dentro de água ou nas camas exteriores viradas para a água, garanta que tem sempre uma bebida na mão, com alternativas como o Sunny Spot (9,50€), Warm Sunset (9,50€) ou ainda uma clássica Coral Branca (3,50€). Se a fome apertar, há snacks como salada ceasar (9,50€), poke bowls (a partir de 13€) e sandes club (12€), entre outras opções.

Recarregar o estômago? Sim, por favor

Mas nem só de vistas fantásticas, mergulhos e partilhas instagramáveis se faz o Next: há também muito boa comida que merece o devido reconhecimento. E é justamente no Recharge que pode recarregar energias, como o próprio nome indica, e fazer todas a refeições do dia.

O pequeno-almoço buffet (e incluído em muitas das estadias) é servido num espaço junto à receção, mas pode começar a sua jornada gastronómica no Recharge logo com a primeira refeição dia (servida à carta). Tem opções como tosta francesa com brioche e requeijão (6,50€), ovos Benedict (7€), panquecas (7€), bowl de açaí, banana e sementes (8€), entre muitas outras alternativas, que pode acompanhar com sumo de laranja, cenoura e gengibre (5€), sumos detox (5€) ou até com uma mimosa (7€).

Passámos duas noites no hotel com o melhor restaurante de Monte Gordo (e piscina num rooftop)
Passámos duas noites no hotel com o melhor restaurante de Monte Gordo (e piscina num rooftop)
Ver artigo

Seguimos caminho para a carta de almoço, com a mestria do chef Carlos Gonçalves, responsável por todos os restaurantes do grupo Savoy — incluindo o mais recente Pau de Lume —, onde provámos e aprovámos uma poke bowl de salmão deliciosa (10€) e umas espetadas de frango glaceadas com molho yakiniku (10€), que ainda hoje temos presentes o sabor.

Next
O restaurante do hotel tem cartas distintas para todos os momentos do dia.

Mas há mais opções como entrecosto com molho barbecue (11€), bao com barriga de porco (10€), tacos de camarão (9€) e yakitako de polvo (12€), entre outras, que pode e deve acompanhar com as várias kombuchas disponíveis (4€), muito recomendadas pelo chef.

Para terminar em beleza, a carta volta a mudar para o serviço de jantar e é aqui que a espera acabou: pode finalmente provar as tradicionais lapas com bolo do caco e manteiga de alho (8€). Tente conter o consumo de bolo do caco para ter espaço para pratos como ceviche de peixe da costa (10€), tacos de tártaro de vaca e alcaparras fritas (9€), pargo assado em folha de bananeira com coco (15€), camarão grelhado com molho de alho (16€) ou entrecosto grelhado a baixa temperatura com café e mel de cana (15€), entre muitas outras sugestões.

Em julho, uma noite para duas pessoas começa nos 170€ em quarto standard (Cosy Room), com pequeno-almoço incluído.

A MAGG ficou alojada a convite do Next by Savoy Signature.

Morada: Rua Carvalho Araújo, 8, Funchal, Madeira
Telefone:  291 205 700

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.