Estreou-se em 2016, mas até 2020 não podia ser visto em nenhuma plataforma de streaming comercial. Em "São Jorge", Nuno Lopes dá vida ao boxeur Jorge — um homem desempregado que tem por hábito resolver os problemas da sua vida ao soco e que, no momento em que a história se inicia, se vê em risco de perder o filho e a mulher devido à falta de dinheiro para pagar as contas e suportar a família.

É nesta conjuntura que Jorge, não vendo outra solução, recorre à cobrança de dívidas através da intimidação física daqueles que, em condições precárias, e tal como ele, não conseguem pagar o que devem.

Todas as estreias que deve ver já no cinema (e outras que podem ficar para mais tarde)
Todas as estreias que deve ver já no cinema (e outras que podem ficar para mais tarde)
Ver artigo

É nesse dilema moral de exigir aos outros o que o próprio sabe não conseguir pagar, que Jorge se vê no meio de uma encruzilhada. O resultado é o filme agora disponível na HBO depois de ter feito parte do catálogo da Filmin.

Mas não é o único filme português que pode ver em streaming. "Variações" ou "Call Girl", com Soraia Chaves no papel principal, também é uma das opções.

Mas há mais.

"A Herdade" (HBO)

Da autoria de Tiago Guedes e com Albano Jerónimo no papel principal, o filme acompanha uma família portuguesa que, proprietária de uma das maiores herdades da Europa, se recusa a apoiar o regime que imperou em Portugal até à revolução do 25 de abril.

À medida que o País vai mudando, também a dinâmica familiar dos protagonistas promete colapsar.

Durante o processo, temos protagonistas irremediáveis, carismáticos, complexos e nunca unidimensionais.

"Variações" (Amazon Prime Video)

Realizado por João Maia, o filme começa quando Variações ainda só era António Ribeiro, e de como foi trilhando o seu caminho até chegar a Lisboa, onde se tornou na figura de sucesso por que viria a ser conhecido. O sucesso, no entanto, nunca o viria a saborear.

Foi já em Lisboa que começou a cortar cabelos, embora preferisse que o identificassem como barbeiro. Mas seria fora do salões e em cima dos palcos que se viria a encontrar e a materializar o sonho de compor músicas e cantá-las para quem as quisesse ouvir.

Com Amália Rodrigues na voz e no coração, António gravou, em 1982, uma versão da canção "Povo Que Lavas no Rio" e um ano mais tarde viria a abrir para a fadista na Aula Magna, em Lisboa.

O percurso do homem por detrás do nome de uma das figuras mais importantes da música portuguesa é o alicerce do filme "Variações", que chegou às salas de cinema portuguesas em agosto de 2019.

"Linhas Tortas" (HBO)

Em pouco mais de uma hora, a história acompanha a vida de Luísa, uma jovem atriz que, no Twitter, é seduzida por um homem que se esconde por detrás de um rosto e de um nome que não é o seu.

Embora se chame António, e seja um dos jornalistas e cronistas mais conceituados do País, é através do nome Rasputin que assina tweets introspetivos que apelam à capacidade de pensar e de nos reconciliarmos com a ideia da fragilidade humana.

A atração é mútua e não demora muito até que da interação em tweets passem para as mensagens privadas e, mais tarde, para um encontro que nunca chega a acontecer. Tal como a vida, também a narrativa assenta numa certa tragédia e todo o filme se assemelha àquilo que tem pautado a boa televisão ao não dar um final que ofereça resolução às personagens e aos espectadores.

"São Jorge" (HBO)

"São Jorge", estreado em 2016, é uma produção luso-francesa e conta com a participação de Nuno Lopes, que dá vida a Jorge, um boxeur desempregado que se vê a braços com a possibilidade de perder o filho e a mulher.

Para tentar reverter a situação, Jorge começa a trabalhar cobrando dívidas, através da intimidação de pessoas que, tal como ele, também não conseguem pagar.

Naquele cinema, falou-se de tudo menos do filme. Mas vivemo-lo como se fosse a última vez
Naquele cinema, falou-se de tudo menos do filme. Mas vivemo-lo como se fosse a última vez
Ver artigo

O filme que até então só podia ser visto de forma imediata, e legal, na Filmin (uma plataforma de streaming especializada em cinema independente), chegou ao catálogo da HBO em junho de 2020.

"Diamantino" (HBO)

Com autoria de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt, "Diamantino" põe Carlotto Cotta no papel de um ídolo de futebol que, por circunstâncias várias, acaba caído em desgraça e remetido à insignificância.

É na procura pelo sentido da vida, seja lá o que isso significar, que o futebolista se vê envolvido numa fase de profunda mudança.

"Call Girl" (HBO)

Realizado por António-Pedro Vasconcelos, "Call Girl" acompanha a figura de Maria, uma acompanhante de luxo que é contratada para seduzir o presidente da Câmara Municipal de Vilanova.

O objetivo? Fazer com que este autorize a construção de um empreendimento turístico de alta qualidade na região.

Pelo meio do jogo da sedução e do sexo, há, claro, corrupção, intriga e jogos políticos. Soraia Chaves é a protagonista.

"Mosquito " (HBO)

O filme de João Nuno Pinto, que se passa durante a Primeira Guerra Mundial, tem como foco um soldado português: Zacarias, um jovem português que, cego pela vontade de deixar o seu nome na História, procura ser o protagonista heroico de várias aventuras durante o primeiro grande conflito armado.

Enviado para Moçambique, onde a guerra se vai desenrolando longe do mediatismo e dos olhares atentos do mundo, os problemas começam a surgir quando o soldado se vê abandonado pelo pelotão que o acompanhava desde o início, e é obrigado a descobrir sozinho aquele novo universo que julgava impossível de existir.

Os filmes nomeados para os Óscares que já têm data de estreia confirmada em Portugal
Os filmes nomeados para os Óscares que já têm data de estreia confirmada em Portugal
Ver artigo

O filme, que abriu o Festival Internacional de Cinema de Roterdão, nos Países Baixos, é baseado na história real do avô do realizador que, tal como Zacarias, se viu obrigado a enfrentar o desconhecido sozinho em África durante a Primeira Guerra Mundial.

"A Esperança Está Onde Menos Se Espera" (HBO)

Lourenço, um jovem desportista e promissor no meio, vê a sua virada do avesso quando o pai, Francisco Figueiredo, é despedido. De repente, aquela família é obrigada a um reajuste até então inimaginável.

Lourenço deixa de poder frequentar o colégio privado e privilegiado que frequentava, e é inscrito numa escola secundário frequentada, acima de tudo, por jovens do bairro social da Cova da Moura.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.