Quando, há oito anos, a série terminou, Dexter surgiu-nos pela última vez no ecrã como lenhador. Para trás, parecia deixar uma vida de crime e um filho pequeno, para abraçar uma vida solitária numa parte recôndita da América onde ninguém fosse capaz de o identificar. Por isso, quando "Dexter" regressar à televisão, virá com bagagem. Independentemente de como a série decida voltar a pegar nestas personagens, será sempre julgada com base na forma como vier a lidar com o final polémico e incongruente de 2013.

Uma produção exclusiva da Showtime (a casa — que "Dexter" tornou popular — de séries como "Billions"e "Segurança Nacional"), "Dexter: New Blood" vai chegar a Portugal através da HBO já a 8 de outubro, um dia depois da estreia mundial.

"Succession". Do ritmo à vida dos ricos que deslumbra, o que explica o sucesso da série?
"Succession". Do ritmo à vida dos ricos que deslumbra, o que explica o sucesso da série?
Ver artigo

Além de Michael C. Hall, o ator que deu vida ao protagonista ao longo de oito temporadas, também Clyde Phillips estará envolvido. Trata-se do responsável pelas primeiras quatro temporadas da série — aquelas que, segundo a crítica internacional, são as melhores. A expectativa é, por isso, muito elevada.

A poucas semanas da estreia, mostramos-lhe tudo o que precisa de saber sobre o regresso da série à televisão e ao streaming.

Entre e o final e os novos episódios, passaram-se dez anos

O enquadramento temporal dos novos episódios será este: entre o final da série, em 2013, e esta "Dexter: New Blood" passaram-se mais ou menos dez anos e Dexter mudou-se para a região remota de Iron Lake, nos EUA, onde vivem apenas três mil pessoas.

"Quando o voltamos a ver, Dexter está a viver uma vida muito mais calma numa vila pacata. Trabalha numa loja especializada em caça, rodeado de armas de destruição menor e pelos troféus do que as outras pessoas mataram, como cabeças de veados", explicou Phillips em entrevista.

"Depressa percebemos que ele tem uma nova namorada e que é responsável pelo departamento da polícia. Isso dá-lhe jeito porque embora Dexter esteja, atualmente, a viver uma vida tranquila, o Dexter é o Dexter. E o Dexter vai matar pessoas", continua.

O filho de Dexter vai aparecer?

Harrison, o filho de Dexter, não acredita que o pai morreu e decide ir à sua procura. Oito anos depois de ter sido abandonado, encontra-o em Iron Lake — a vila pacata que serve de palco para os novos episódios.

Nesta nova versão, a personagem será interpretada pelo ator Jack Alcott e deverá aparecer entre o primeiro e o segundo episódio da história.

"A única coisa que posso dizer é que, nestes últimos anos, o Harrison passou por momentos complicados. Não foi fácil. Quando descobre que o pai não morreu, vai atrás dele e tenta confrontá-lo com o seu passado", explicou o ator em entrevista à "Entertainment Weekly".

"Quando finalmente a minha personagem o consegue confrontar, a cena que resulta disso é de partir o coração. Mas foi mesmo muito divertida de filmar", concluiu Alcott.

O elenco original vai voltar?

Os detalhes em redor dos novos episódios de "Dexter" estão envoltos num grande mistério e pouco ou nada se pode revelar para já.

O que se sabe é que, do elenco original, está confirmado o regresso de John Lithgow como Trinity — o vilão da quarta temporada da série. Além disso, também Jennifer Carpenter, que deu vida à irmã Debra Morgan, vai voltar para uma participação regular.

Uma vez que as duas personagens morreram na série original, o que se prevê é que surjam como alucinações ou como vozes na cabeça do protagonista.

Qual é o restante elenco?

Além destes, estão confirmados Clancy Brown (que será o vilão desta história) e Julia Jones, que vai dar vida a Angela Bishop, a responsável do departamento de polícia e namorada de Dexter.

Estão também confirmadas as participações de Alano Miller, Johnny Sequoyah, Michael Cyril Creighton e Jamie Chung.

A equipa MAGG elegeu 8 séries perfeitas para ver no outono (com chá ou vinho na mão)
A equipa MAGG elegeu 8 séries perfeitas para ver no outono (com chá ou vinho na mão)
Ver artigo

Quantos episódios vai ter a série?

Aquando do anúncio, a Showtime fez questão de reforçar que o regresso deveria ser visto não como uma nova temporada, mas sim como uma minissérie de dez episódios — dando a entender que não se passará imediatamente após os acontecimentos do último episódio, mas sim quase uma década depois.

O objetivo, claro, é abordar o impacto emocional que a passagem dos anos teve na personagem principal, agora completamente isolada dos filhos e dos colegas de trabalho. Além disso, a escolha do formato pode indicar também que a série só irá regressar para esses dez episódios, sem intenções em continuar a história para lá disso.

No total, sabe-se que estes dez episódios retratam uma história que decorrerá ao longo de duas semanas.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.