Se o início do ano foi relativamente fraco no que toca a estreias de séries, prepare-se porque estão previstos muitos regressos até ao final de 2021. "Anatomia de Grey", por exemplo, vai mesmo regressar para uma 18.ª temporada. A data de estreia já está garantida nos EUA a 30 de setembro, mas ainda não se sabe se a emissão na Fox Life acontecerá muito depois disso ou não.

"Modern Love", a série fofinha da Amazon Prime Video regressa ainda no verão e, desta vez, com um elenco todo renovado. Kit Harington, que foi Jon Snow no fenómeno televisivo de "A Guerra dos Tronos", será uma das personagens num dos episódios da série. Mas não se fica por aqui e estão também asseguradas as datas de estreia das novas temporadas de séries como "Sex Education" ou "La Casa de Papel", ambas da Netflix.

8 séries de 2021 que a crítica adora (e que pode ver agora em Portugal)
8 séries de 2021 que a crítica adora (e que pode ver agora em Portugal)
Ver artigo

Resumindo: vai ser precisa muita ginástica para que não se perca no meio de tantas estreias, temporadas, séries e episódios. Tentámos facilitar-lhe a vida e listar as produções mais relevantes que voltam à televisão (e ao streaming) ou que se estreiam antes do ano chegar ao fim.

De "Sex Education" a "La Casa de Papel", mostramos-lhe 11 séries que vai poder ver nos próximos meses.

"Brooklyn Nine-Nine" (12 de agosto, NBC)

Nesta esquadra de polícia, os criminosos nunca são verdadeiramente sacanas nem os agentes da autoridade particularmente perspicazes para lhes entenderem as manhas.

No entanto, essa é a receita perfeita para episódios repletos de momentos insólitos, personagens carismáticas e gargalhadas várias à medida que os agentes de "Brooklyn Nine-Nine" tentam resolver os mais complexos crimes.

Ao longo dos episódios, a série procura encontrar um balanço entre os dilemas a que os agentes da polícia se veem obrigados a resolver, mas também a forma como a profissão constrói obstáculos às vidas pessoais de cada um.

Espera-se que a oitava temporada seja a última de todas que, nos EUA, tem estreia marcada para 12 de agosto na NBC. Em Portugal, deverá estrear-se primeiro na Fox e só depois irá para o catálogo português da Netflix.

"Modern Love" (13 de agosto, Amazon)

Nesta série que recupera o ambiente acolhedor da sempre frenética Nova Iorque, são contadas oito histórias sobre o que significa encontrar o amor e estar apaixonado num mundo cada vez menos tolerante.

E ainda que essas histórias sejam todas diferentes, convergem num final que tem tanto de bonito como de fofinho. Em tempos destes, não é isso mesmo que nos faz falta?

A segunda temporada arranca com um elenco diferente, em que uma das estrelas será Kit Harington (que foi Jon Snow em "A Guerra dos Tronos").

"Nine Perfect Strangers" (20 agosto, Amazon)

A nova série protagonizada por Nicole Kidman vai contar a história de nove pessoas que, tal como o nome indica, nunca se conheceram antes. Porque a vida tem tanto de aleatória como de madrasta, estes nove estranhos juntam-se num retiro espiritual de dez dias que, claro, dá para o torto.

Nicole Kidman vai dar corpo à mulher responsável por conduzir o retiro. E embora se apresente como tal, a verdade é que guarda um segredo terrível que promete ter impacto no desenvolvimento daquela comunidade.

Nos EUA, o primeiro episódio de "Nine Perfect Strangers" vai chegar à Hulu a 18 de agosto. Em Portugal, estreia-se dois dias depois, a 20, na Amazon Prime Video.

"La Casa de Papel" (3 de setembro, Netflix)

Está na altura de voltar a vestir o macacão vermelho e pôr a máscara de Salvador Dalí no rosto. "La Casa de Papel" está de volta para a quinta parte, cujo primeiro volume de episódios chega a 3 de setembro. Depois disso, terá de esperar três meses para ver a conclusão da história, que regressa a 3 de dezembro à plataforma de streaming.

Desta nova parte da produção, sabe-se que alguns dos novos episódios foram gravados em setembro junto ao Elevador da Bica, em Lisboa, e que contaram com a presença dos atores Úrsula Corberó (Tóquio) e o recém-chegado Miguel Ángel Silvestre.

A caixa de música de "La Casa de Papel" que torna "Bella Ciao" numa canção de embalar
A caixa de música de "La Casa de Papel" que torna "Bella Ciao" numa canção de embalar
Ver artigo

Um mês antes, em agosto, Álex Pina revelou que estes novos capítulos vão dar corpo àquela que será a "parte mais épica" de todas as que foram gravadas até agora, em entrevista à "Entertainment Weekly".

"New Amsterdam" (4 setembro, NBC)

Na Netflix estão apenas duas temporadas. Nos EUA, na NBC, a quarta chega já a 4 de setembro. Como qualquer série focada em medicina e na rotina diária dos profissionais de saúde de um hospital, esta foca-se em Max, a personagem interpretada por Ryan Eggold, que mais do que ser médico, assume funções de diretor clínico do hospital de saúde pública, o New Amsterdam.

O seu maior desafio, sabemos logo nos primeiros episódios da primeira temporada, passa por tentar melhorar as condições dos profissionais de saúde daquela unidade, bem como dos milhares de pacientes que recorrem a ela regularmente.

"The Morning Show" (17 de setembro, Apple TV+)

Uma das séries mais relevantes da Apple TV+ também regressa este ano.

Os novos episódios de "The Morning Show" vão passar-se imediatamente após os acontecimentos do final da temporada anterior. Ou seja — alerta, spoilers — depois de Alex Levy (Jennifer Aniston) e Bradley Jackson (Reese Witherspoon), duas pivôs de um dos programas da manhã mais vistos dos EUA, anunciarem, em direto, que trabalham numa empresa que perpetua comportamentos tóxicos e que encobriu vários casos de abuso e assédio sexual ao longo dos anos.

Assim que a temporada se estrear, as duas protagonistas vão sentir na pele as consequências de um anúncio explosivo que põe em cheque toda a estrutura montada nos bastidores da empresa.

Mas o impacto será sentido por todos os funcionários, desde jornalistas a técnicos de iluminação.

"Sex Education" (17 de setembro, Netflix)

Otis Milburn e Maeve Wiley vão continuar a dar conselhos sobre sexualidade a quem os procurar. "Sex Education" foi renovada para uma terceira temporada que chega ainda este ano à Netflix. Mais especificamente, a 17 de setembro.

Sobre o que esperar, prevemos o mesmo humor negro, leve e sempre acutilante sobre as pequenas coisas da vida. Tudo isto, claro, enquanto vai desconstruíndo preconceitos à medida que a história avança.

A crítica internacional desfez-se em elogios à segunda temporada, destacando o amadurecimento da história face à temporada anterior.

"Anatomia de Grey" (30 de setembro, ABC)

Sim, vai haver uma 18.ª temporada de "Anatomia de Grey". Sim, outra vez arroz. Gostamos de arroz. Esta será a primeira vez que atores como Jesse Williams (Jackson Avery), Giacomo Gianniotti (Andrew DeLuca) e Greg Germann (Thomas Koracick) não farão parte do elenco principal

Nos EUA, a 18.ª temporada da série vai estrear-se a 30 de setembro.

Ainda não se sabe exatamente a que dia os novos episódios vão chegar à Fox Life.

"Succession" (outono, HBO)

Os Roy estão de volta. Para quem desconhece, trata-se de uma família rica, poderosa e disfuncional — tudo sinónimos, ou não passassem episódio a episódio a irem com as mandíbulas às gargantas um dos outros nesta luta incessante pelo poder.

Espera-se que o conflito principal entre pai e filho continue a subir de tom depois de, no final da segunda temporada, Kendall Roy (Jeremy Strong) ter traído o patriarca da família, Logan Roy (Brian Cox) numa conferência de imprensa vista por todo o país.

Aquele que foi visto como um gesto corajoso e ousado, na medida em que nunca ninguém arriscou fazer frente a Logan, vai pôr toda a família em cheque.

Ainda não há data de estreia anunciada, mas o regresso está garantido para o outono.

"Dexter" (até ao fim do ano, HBO)

"Dexter" regressa à televisão ainda este ano depois de, em 2013, o final ter desiludido os fãs e a crítica internacional. Ainda que, nos EUA, a estreia seja no Showtime, em Portugal o exclusivo é da HBO.

Em termos narrativos, o regresso da série vai passar-se imediatamente após o final da oitava temporada, mas não deve ser entendido como uma nova temporada e sim como uma minissérie — até porque é assim que vai ser publicitada.

8 séries divertidas, hilariantes e leves para começar a ver neste verão
8 séries divertidas, hilariantes e leves para começar a ver neste verão
Ver artigo

Detalhes técnicos à parte, o que precisa de saber é que a história vai ter continuidade e será idealizada por Clyde Phillips, a mente que esteve por detrás das primeiras quatro temporadas de "Dexter", consideradas pela crítica como as melhores.

Ainda não há data de estreia, mas será ainda este ano.

"Cobra Kai" (até ao fim do ano, Netflix)

A série que aproveita a nostalgia deixada pelos primeiros filmes de "The Karate Kid" (ou "Momento da Verdade", como foi intitulado em Portugal) vai regressar ainda este ano ao catálogo da Netflix.

E se a produção inicialmente passou despercebida aquando da estreia no YouTube, depressa se tornou num fenómeno ao ser comprada pela Netflix, levando o universo dos filmes originais a novos públicos. Uma das explicações talvez tenha que ver com a forma como aborda, com humor e boa disposição, um franchise que tinha tudo para cheirar a mofo.

Afinal, passaram já quase 37 anos desde que o primeiro filme se estreou nas salas de cinema. Não arriscamos dizer que há uma fórmula para o sucesso, mas temos quase a certeza de que ajuda muito à série o facto de não se levar a sério.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.