Não se sabe exatamente quando vai chegar às livrarias o próximo grande livro de "A Guerra dos Tronos". Depois de sucessivos atrasos, George R.R. Martin, escritor e criador do universo fantástico adaptado pela HBO, prometeu que estava para breve e desde então que diz estar empenhado em oferecer uma conclusão que seja coerente face ao que foi escrito nos livros anteriores.

Depois do final da série, que foi recebido com nota negativa pelos fãs e pelos críticos de televisão, Martin juntou-se aos que se diziam desiludidos e argumentou que havia material para mais temporadas. No entanto, David Benioff e Daniel Brett Weiss, criadores da série e responsáveis pela adaptação, não estavam interessados em continuar e decidiram que o ponto final da história ia acontecer na oitava temporada, que terminou em maio de 2019.

Desde então que George R.R. Martin tem assegurado aos fãs da saga que o final da história não vai ser igual ao da série. Numa nova entrevista ao jornal alemão "Welt", o escritor americano voltou a reforçar esta ideia. "Os criadores da série ultrapassaram-me em termos narrativos e não esperava isso. De qualquer das formas, as pessoas sabem um final de 'A Guerra dos Tronos', mas não sabem o final", terá dito.

A série que ninguém está a ver. "Servant" não assusta ninguém, mas é o melhor thriller dos últimos anos
A série que ninguém está a ver. "Servant" não assusta ninguém, mas é o melhor thriller dos últimos anos
Ver artigo

Mas salientou ainda que está a trabalhar num meio distinto daquele que foi utilizado pelos criadores da série. "É importante não esquecer que estou a trabalhar num meio diferente daquele que foi utilizado pelo David e o Dan. Enquanto eles tinham cerca de seis horas para a última temporada, espero que os meus dois últimos livros totalizem as cerca de três mil páginas. E se forem precisas mais páginas ou mais cenas, vou adicioná-las à medida que forem necessárias", continua.

As diferenças entre a série e os livros são óbvias desde o início, a começar por algumas das personagens do livro que nunca fizeram parte da adaptação da HBO e outras que morreram cedo de mais.

"Há personagens minhas que nunca chegaram ao ecrã e outras que morreram na televisão, mas que continuam vivas nos livros. Por isso, como vai acabar? Da mesma forma como a série? Ou vai ser diferente? Bem... sim. E não. E sim. E não", concluiu.

O último livro de "A Guerra dos Tronos" foi publicado há nove anos, em 2011.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.