Passa horas a dar voltas na cama, tenta pela 15.ª vez terminar o “Anna Karenina” de Tolstói— nós sabemos, parece impossível acabar de o ler —, vê dois episódios daquela série que nunca tem tempo para ver durante o dia e até chega a contar carneiros, mas nada parece ajudar? Há dias em que parece quase impossível adormecer e, no dia seguinte, a única solução é andar de óculos escuros todo o dia para ninguém ver as mazelas que a insónia da noite anterior deixou no rosto. Ou isso, ou colocar três camadas de corretor de olheiras. 

Não estamos a dar nenhuma novidade ao dizer que o corpo precisa de, pelo menos, sete horas de sono para se conseguir regenerar. E quando falamos em sete horas, falamos em boas horas de sono. Aquelas que passou às voltas na cama, no chamado “passar pelas brasas”, não contam. Quando isto acontece, está apenas a entrar numa das primeiras fases do ciclo do sono e, por isso, não está propriamente a descansar, embora possa ter essa sensação.

Dormir bem e ter um sono reparador requer alguns cuidados, e existem cinco fatores essenciais: som, luz, temperatura, conforto e qualidade do ar, Mas como é que tornamos o quarto confortável? E quais são os pontos a que devemos estar mais atentos na altura de decorar o espaço? Que tipo de luzes devemos utilizar? E os lençóis e cobertores? Estas foram apenas algumas das perguntas a que Marta Cunha, designer de interiores da IKEA, respondeu no mais recente episódio da IKEA Talks, a rubrica da MAGG em parceria com a IKEA onde Ana Garcia Martins convida especialistas nas mais diversas áreas da vida em casa para partilharem alguns dos seus conhecimentos. 

IKEA Talks. A Pipoca Mais Doce convida dois especialistas em desperdício alimentar
IKEA Talks. A Pipoca Mais Doce convida dois especialistas em desperdício alimentar
Ver artigo

Entre as várias dicas que pode conhecer no vídeo acima, Marta Cunha deixa uma que, certamente, é das maiores preocupações dos casais: o que fazer quando uma das pessoas está sempre com frio, e a outra com calor? “Porque não experimentar usar dois edredões individuais, neste caso, para uma cama de casal?”, sugere a especialista. 

Resolvida a questão do conforto no quarto, há uma outra questão que deve ser pensada quando falamos em descanso: o sono das crianças. Quem tem filhos sabe que nem sempre é fácil as crianças terem uma noite de sono seguida, especialmente quando são muito pequenas. E além disso pode prejudicar o dia a dia dos miúdos, que não estão a descansar as horas de que precisam e, por consequência, pode influenciar o sono dos pais. Para isso, Ana Garcia Martins convidou também Filipa Sommerfeldt Fernandes, especialista em sono infantil, que deixou algumas dicas essenciais para que também os mais novos possam ter um sono de qualidade. 

No final do vídeo, e como nos episódios anteriores, Ana Garcia Martins deixa ainda uma ‘Dica Sustentável’, que também está relacionada com o sono, e que pode ajudar não só a preservar o meio ambiente, como a fatura da luz ao final do mês. Veja a sugestão no vídeo acima.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.