Bacalhau, peru, bolo rei e está feita a festa, certo? Parece que não. É que há zonas do País onde o peixe nem sequer é opção e outras nas quais a carne de aves é substituída por borrego.

Há a eterna batalha de sotaques entre rabanadas e fatias douradas, entre formigos ou mexidos, e entre os que comem roupa velha e aqueles para quem misturar sobras da noite anterior não devia ser prato digno de Natal.

Quiz. Quase ninguém acerta mais do que 12 destes 30 regionalismos de várias zonas de Portugal
Quiz. Quase ninguém acerta mais do que 12 destes 30 regionalismos de várias zonas de Portugal
Ver artigo

É que Portugal é pequeno, mas a imaginação das gentes fez com que fosse possível servir pratos diferentes, todos os dias, até ao fim da humanidade.

Demos a volta a Portugal, não em bicicleta, mas em pratos de Natal. E desengane-se se acha que o bacalhau esgota em todas as peixarias da região. Bolo de mel? Só na mesa de Natal do Alberto João Jardim.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.