Quantas vezes já deu por si a fazer referências a clássicos da sua infância e não obteve qualquer resposta dos seus colegas de trabalho, amigos ou até familiares? Pois, caso tenha nascido na década de 80 e queira fazer piadas com a inovação dos engenhos de "Os Jetsons", ou terminar uma uma conversa com a frase "pelos poderes de Greyskull", o mais provável é que todas as pessoas nascidas após a Expo'98 fiquem a olhar para si como uma ave rara — e nem vamos falar daqueles cujo ano de nascimento começa pelo algarismo dois.

Mas os anos 80 e 90 estão recheados de clássicos da animação. Numa época em que não havia canais Panda ou Baby Tv para ninguém, Netflix era uma miragem e até a SIC só chegou em 1992, a RTP teve a hegemonia dos desenhos animados durante vários anos.

Alguns clássicos conseguiram reinventar-se e existem até hoje, outros tiveram reinterpretações ao longo dos tempos, mas há aqueles que não passaram das duas ou três temporadas e foram repetidos até à exaustão. Mas, mesmo assim, continuamos a trautear as canções e até ficamos com uma lágrima no canto do olho quando conseguimos achar um velho clip no YouTube.

Quiz. Só um verdadeiro português sabe de onde vêm estas palavras
Quiz. Só um verdadeiro português sabe de onde vêm estas palavras
Ver artigo

Entre na máquina do tempo, regresse à sua infância e tente acertar em, pelo menos, 15 destes desenhos animados. Acha que está pronto para o desafio?

Pequena nota à navegação: se nasceu no ano em que Britney Spears era uma jovem inocente a cantar "Baby One More Time", feche já este artigo.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.