As idas aos supermercados transformaram-se em compras de pânico, os stocks de sabonetes e desinfetante para as mãos estão a zeros. Mas... e se usarmos detergente da louça para desinfetar as mãos? A pergunta já veio à cabeça de muita gente e andam a circular na internet várias teorias que defendem que o efeito é o mesmo? Será? Fomos falar com dermatologistas para tirarmos dúvidas.

Leonor Girão, dermatologista, explica que o detergente da louça está feito para retirar a gordura da louça e não propriamente para ser desinfectante de mãos. "Isto quer dizer que não retira/limpa micróbios que sejam resistentes a detergentes (por exemplo, não limpa o bacilo da tuberculose). No entanto, acontece que o Coronavírus tem uma cápsula lipídica sensível aos detergentes e por isso, com efeito, o detergente da louça inactiva o vírus."

Já a dermatologista Susana Vilaça diz que os detergentes de lavar a louça, efetivamente, limpam tanto a louça como as mãos. "No entanto, não é de todo aconselhável utilizar esses detergentes como limpeza diária das mãos. Os detergentes da louça apresentam compostos químicos que vão destruir o perfil hidrolipídico protector da epiderme. A pele começa a ficar vermelha, seca e áspera. Para além disso causa uma sensação de comichão e ardor."

COVID-19. 12 cremes das mãos para apostar nesta altura
COVID-19. 12 cremes das mãos para apostar nesta altura
Ver artigo

Leonor Girão concorda e diz que claramente há uma influência no estado da pele ao ser lavado com detergente da louça, visto que "retira a gordura da louça, retira igualmente a das mãos, incluindo a camada protectora hidrolipídica essencial para a função barreira da pele." Por isso, ao ser usado continuamente, a pele fica mais frágil, seca e susceptível a abrir gretas e fissuras.

A dermatologista explica que podemos usar o detergente da louça caso não tenhamos mais nada e se for uma situação de emergência "em que realmente temos de lavar muitas vezes as mãos e nem sempre temos os produtos adequados por perto."

Susana Vilaça acrescenta que de modo geral quando lavamos a louça deveríamos utilizar sempre luvas protectoras. "Devemos preferir detergentes da louça com componentes químicos menos agressivos tais como Aloé Vera e só excepcionalmente utilizar o detergente da louça para lavar as mãos."

COVID-19. O calor ajuda mesmo a eliminar o coronavírus. Estas são as 5 razões para isso acontecer
COVID-19. O calor ajuda mesmo a eliminar o coronavírus. Estas são as 5 razões para isso acontecer
Ver artigo

Entre gel de banho ou detergente da louça a melhor alternativa, segundo as dermatologistas, é o gel de banho. "O gel de banho é feito para limpar a pele; tem na sua composição agentes de limpeza em concentrações adequadas à sua função e preserva melhor a pele. Também desengordura mas é menos agressivo que o detergente da louça. Mas lavagens repetidas com o gel de banho também obrigam a aplicação de hidratante a seguir." acrescenta Leonor Girão.

Independentemente do tipo de sabão usado, não se esqueça de lavar as mãos por pelo menos 20 segundos. E após cada lavagem das mãos aplique algum creme hidratante para a sua pele não ficar danificada.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.