Um terço dos alimentos produzidos em todo o mundo vão para o lixo, e a maioria antes mesmo de os consumidores ponham as mãos neles. E porquê? Muito porque existem regras e standards que exigem que uma maçã tenha um determinado peso e que um tomate tenha determinada cor.

O que não quer dizer que uma maçã mais pequenina não seja mais saborosa — até porque normalmente até é — ou que um tomate com uma forma menos arrendondada não dê uma boa salada.

Foi com esta premissa de combate ao desperdício a quem habituou os olhos a maçãs empilhadas milimetricamente e a brilhar sabe-se lá à conta de que ceras, que nasceu a The Equal Food, uma startup que opera em Portugal e Espanha e que entrega em casa cabazes de legumes e frutas que, de outra forma, acabariam no lixo.

Kitchen Dates. Já abriu o restaurante onde só há uma mesa e nenhum caixote do lixo
Kitchen Dates. Já abriu o restaurante onde só há uma mesa e nenhum caixote do lixo
Ver artigo

"A nossa missão é que nenhum alimento seja considerado feio ou imperfeito por razões estéticas", explica à MAGG Alberto Mojtar Fernandez, o mentor do projeto.

A startup fez parcerias com agricultores  de várias regiões do país, e também de Espanha, que fornecem excedentes imperfeitos — mas em perfeitas condições de consumo —que não são vendidos nos canais habituais.

"O que consideramos ser um produto feio está, infelizmente, amplamente disponível", refere Alberto, salientando ainda que, em média 20% dos produtos frescos são considerados imperfeitos. É, por isso, fácil encontrar estes produtos para revenda. O difícil aqui é a logísitca de trabalhar individualmente com cada agricultor.

Ainda assim, tem sido compensador e, desde que começaram, já foram muitas as toneladas de alimentos que salvaram de ir para o lixo.

Os cabazes são super ricos, até porque a missão da Equal Food é "transformar o feio em sexy", como nos conta Alberto, atraindo o máximo de pessoas possível para o conceito de produto imperfeito. Até agora, já incluíram nos cabazes produtos como framboesas, mirtilos, abacates, ovos biológicos, cogumelos, mangas, dióspiros, romã, brócolos, curgetes, batata doce, tomate, cebolinha e cenouras.

Albero garante que, ao comprar os cabazes da Equal Food, quando comparado com os preços praticados em supermercados, o cliente poupa 40% face aos preços de retalho, uma média de 14€.

Uma caixa custa 25,56€ e tem entre 6 a 7 quilos de produtos. Mas se fizer uma subscrição e escolher que o cabaz lhe seja entregue a cada uma ou duas semanas, há um desconto de 10% e o cada cabaz fica a 23€. Há ainda um desconto de 10% para a primeira encomenda.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.