Desde que a pandemia causada pelo novo coronavírus alterou por completo a nossa forma de vida, as aplicações de video-conferência começaram a ser mais usadas do que nunca, seja num contexto pessoal, para não perdermos contacto com os amigos, ou no profissional, para que as equipas se continuem a reunir.

E uma das ferramentas que ganharam bastante notoriedade foi o Zoom, uma app que permite a realização de conferências por videochamada até 500 participantes, embora apenas 49 surjam no ecrã em simultâneo.

Agora, numa clara manobra para concorrer com o sucesso desta aplicação, Mark Zuckerberg, o CEO do Facebook, já anunciou o lançamento das Messenger Rooms, uma ferramenta que permite a realização de videochamadas com 50 utilizadores ao mesmo tempo, e sem tempo limite.

Facebook bloqueia anúncios de produtos que garantem proteção contra coronavírus
Facebook bloqueia anúncios de produtos que garantem proteção contra coronavírus
Ver artigo

As Messenger Rooms vão estar disponíveis mesmo para quem não tem uma conta no Facebook, e estas "salas" podem permanecer abertas por tempo indeterminado, o que irá permitir que os utilizadores entrem e saiam dos grupos de conversação em vídeo como bem entenderem.

"Podem entrar em qualquer sala dos vossos amigos, e eles podem fazer o mesmo nas vossas", disse Mark Zuckerberg, tal como escreve o site "Digital Trends", embora ainda não exista uma data para o lançamento desta nova função da rede social.

O CEO do Facebook também já anunciou que esta funcionalidade vai chegar ao Instagram e ao WhatsApp, mas há mais uma novidade: dentro de poucos dias, o limite de pessoas por videochamada no WhatsApp vai passar de quatro para oito participantes.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.