A pensar neste Natal excepcional, devido à COVID-19, o Zoom vai deixar de ter limite de tempo em chamadas durante as festas.

Assim, será possível estar durante tempo indeterminado em reuniões na plataforma de videochamada, que, por norma, sem subscrição, permite estar ligado durante apenas 40 minutos ininterruptos. 

Aulas no Zoom invadidas por jovem de 20 anos
Aulas no Zoom invadidas por jovem de 20 anos
Ver artigo

A iniciativa, que foi levada a cabo também a 17 e 18 deste mês, estará em vigor a partir das 12h30 de 23 de dezembro e as 8 horas de 26 de dezembro. No Ano Novo repete-se: de 30 de dezembro a 2 de janeiro, estará novamente disponível, nos mesmos horários.

A plataforma de videochamada acaba também de fechar um acordo com as autoridades dos Estados Unidos, de forma a aumentar os níveis de segurança. O acordo vem na sequência de, em março, ter feito declarações falsas, afirmando ter comunicação criptografada para os utilizadores. Só em outubro é que isto se verificou.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.