Foi anunciada no início do ano, mas parece que só agora é que a funcionalidade começou a chegar aos perfis dos utilizadores do Facebook. Falamos da capacidade de usar uma imagem normal e transformá-la numa fotografia de perfil em formato 3D que reage ao movimento do telemóvel. O objetivo? Tornar os perfis mais interativos, dinâmicos e apelativos.

"Com a tecnologia que é capaz de captar a distância entre a pessoa e o primeiro e o segundo plano, as fotografias em 3D dão vida às cenas com profundidade e movimento", lê-se no comunicado oficial da rede social. Porém, e embora as fotografias que sejam carregadas com este novo efeito passem a ganhar a nomenclatura 3D — a verdade é que não serão totalmente tridimensionais. 

É que apesar de permitir a visualização de diferentes ângulos e inclinações, há certos movimentos que, quando efetuados, não terão qualquer efeito na imagem.

A forma de utilização não podia ser mais simples: quer esteja a utilizar telemóveis Android ou iPhone, basta que aceda à página principal do Facebook e carregue na caixa de texto que geralmente utiliza para partilhar uma publicação com os seus amigos. Por baixo da pergunta "Em que estás a pensar?", carregue em "Foto" e de seguida escolha a opção "Foto 3D".

Depois basta escolher uma das fotografias que gostaria de partilhar já modificada. Mas atenção: é que para que o filtro seja devidamente aplicado, é obrigatório que a fotografia tenha sido tirada através de telemóvel com pelo menos duas câmaras traseiras. Caso contrário, não será detetada pelo sistema do Facebook.

A fotografia em formato 3D que escolher pode depois ser visualizada em qualquer plataforma: computador, telemóveis e até mesmo equipamentos de realidade virtual como o Oculus Go ou o Oculus Rift.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.