A haver um prémio para a série mais polémica dos últimos tempos, "Por Treze Razões" estaria na linha da frente da corrida, lado a lado com "Euphoria", da HBO. A segunda temporada da série termina com a ameaça de um tiroteio em massa depois de Tyler (Devin Druid) se decidir vingar de todos aqueles que o maltrataram durante o tempo de escola. Na terceira, Bryce Walker, o vilão da história, aparece morto e toda a temporada é passada a tentar descobrir quem terá sido o culpado e de que forma é que isso poderá influenciar as ações do grupo de amigos da série.

Pelo meio há consumo de drogas, cenas de sexo e de violência explícita que culminam neste quarto capítulo, que é também o último da série, que chegou ao catálogo da Netflix a 5 de junho. Aqui, a premissa é outra: a pessoa que é suspeita de ter morto Bryce tem alibi confirmado e, por isso, não era possível que, naquele dia e naquela hora, estivesse no local do crime.

"Por Treze Razões". Dois anos depois, Netflix edita cena de suicídio de Hannah Baker
"Por Treze Razões". Dois anos depois, Netflix edita cena de suicídio de Hannah Baker
Ver artigo

O espectador sabe, desde a terceira temporada, quem é o responsável. A polícia, não. E os últimos episódios são repletos de momentos semelhantes àqueles que "Por Treze Razões" foi habituando os fãs desde o início. Mas será que, no meio de todo o conflito, há danos irreversíveis em algumas das personagens principais da história?

Será que Clay, por exemplo, é capaz de lidar com o trauma e a raiva que sente desde que a melhor amiga, Hannah Baker, tirou a própria vida? Além de ser um dos protagonistas, Clay é também uma das personagens mais complexas da série e tudo o que acontece até ao final muda-o por completo. Se antes era um miúdo alegre, ainda que introvertido, a verdade é que é desde o início da história que passa a ter sérias dificuldades em comunicar, em explicar-se e até a confiar nos outros. 

E o que dizer de Justin Foley, o miúdo demasiado problemático que, de repente, se vê nos braços de uma família que o acolhe depois de conhecer a sua história trágica? Se desistiu de "Por Treze Razões" a meio, mas, ainda assim, tiver interesse em saber exatamente o que é que aconteceu aos 8 protagonistas da história, este artigo é para si.

Há desfechos felizes, mas há outros muito trágicos e que, por isso mesmo, serviram para criar novas reviravoltas na história.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.