"Scroll" é o novo programa da RTP2, cujo conceito o humorista de 34 anos anunciou nas suas redes sociais. "É um debate-show, tem 14 episódios, cada um com o seu tema. Sendo alguns: saúde mental, identidade de género, ensino superior, feminismo, racismo, emergência climática, entre tantos outros", escreveu.

Ainda sem data de estreia anunciada, Diogo Faro recorreu ao Instagram para divulgar o seu novo projeto, lado a lado, com a influenciadora digital Bia. "Alegria imensa e orgulho tamanho naquilo que estamos a fazer (...) é realmente gratificante estar a fazer parte de algo tão maior [do] que nós", confessou o novo apresentador.

“Scroll” já tem uma conta oficial de Instagram e esta quarta-feira, dia 28 de julho, levantou a ponta do véu com revelação dos apresentadores, através de um vídeo 'espacial'. "Os hosts do nosso debate show estão lançados. Boa viagem!", lê-se na publicação do novo programa da RTP2, produzido pela agência TODOS.

Multifacetado e com faro para a controvérsia

"Scroll" não será a estreia de Diogo Faro em televisão nacional, sendo que não é a primeira vez que assume o papel de apresentador de um programa televisivo. Em 2018, o humorista partilhou o ecrã com Rita Camarneiro, atualmente na Rádio Observador, no programa "CC Black Friday", da SIC Radical.

Além de humorista, Diogo Faro tem construído uma carreira multifacetada. Inicialmente conhecido pelo seu canal de Youtube, focado no universo da comédia, "Sensivelmente Idiota", passou mais tarde para os espetáculos de stand up comedy. Tem também colaborado com o "Expresso” e com o “Sapo 24”, em crónicas e artigos de opinião. 

Diogo Faro acusado de "hipocrisia" por ter participado em festa com mais de 10 pessoas
Diogo Faro acusado de "hipocrisia" por ter participado em festa com mais de 10 pessoas
Ver artigo

Além do sucesso profissional, Diogo Faro tem também protagonizado várias controvérsias. A propósito de um artigo de opinião divulgado na plataforma Sapo a 30 de janeiro, o cronista foi acusado de hipocrisia, por apontar o dedo a quem participava em festas ilegais durante o período de quarentena obrigatória, enquanto, em simultâneo, circulavam nas redes sociais fotografias do próprio Diogo Faro num ajuntamento semelhante, na noite de passagem de ano. 

Na altura, os conselhos da Direção-Geral da Saúde passavam por garantir que a passagem de ano seria passada apenas com coabitantes ou, em casos mais arriscados, sempre com a máscara colocada. As fotografias em questão apresentavam o humorista com pelo menos mais 12 pessoas, sem distanciamento social ou proteção através da colocação da máscara. 

Diogo Faro decidiu criar o podcast "E a Tua Passagem de Ano?" – que, em entrevista à MAGG, revelou funcionar como "uma ferramenta muito útil do ponto de vista criativo" e, ainda, como uma forma de "recuperar a confiança no trabalho". 

A mais recente polémica protagonizada pelo apresentador escolhido para o novo programa da RTP2 data de 17 de junho. O comediante partilhou um vídeo em que revela que o jornalista da SIC Nuno Luz o terá agredido verbalmente à chegada à capital húngara, onde a Seleção Nacional se instalou durante o Euro 2020. 

A suposta agressividade do jornalista da estação de Paço de Arcos terá surgido como reação a várias piadas previamente partilhadas pelo humorista a seu respeito. O canal reagiu às alegações do comediante. "A SIC não tem nada a comentar sobre este assunto, exceto que conhece e confia no trabalho do Nuno Luz desde 1992, que é público e escrutinado pelos nossos telespetadores"

Polémicas à parte, o comediante Diogo Faro está prestes a iniciar um novo desafio profissional cujas novidades serão divulgadas através das redes sociais – tanto dos apresentadores como do novo programa da RTP2.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.