Para António, o arquiteto não merece ser finalista do "Big Brother". "Ainda vejo algumas atitudes dúbias. (...) Não é que eu ache que o Bruno seja falso, mas há ali coisas nele que eu não vejo como sendo 100% verdadeiras".

Débora e Rui Pinheiro adormecem de mãos dadas. "Só me apetece agarrá-lo e beijá-lo"
Débora e Rui Pinheiro adormecem de mãos dadas. "Só me apetece agarrá-lo e beijá-lo"
Ver artigo

Bruno considera que tem "um jogo fortíssimo" e, na sua perspetiva, o lisboeta partilha da mesma opinião, mas peca por rotular concorrentes — por exemplo, Ricardo, que apelidou de básico. "Nunca mais fui nomeado, porque tentei-os perceber, ao contrário do António, que já foi nomeado várias vezes por razões que sim, essas sim, de falsidade, etc. Aqui, ninguém me aponta isso, a não ser o António e o seu cão de trela, a Débora", exclamou, deixando os restantes concorrentes surpreendidos.

Rita e Rui soltaram uma gargalhada e a jovem de Anadia assegurou que Bruno "perdeu a noção", sublinhando, ainda, "uma falta de humildade" no colega. O arquiteto continuou assertivo: "A Débora vive numa ilusão de que o António é fortíssimo e o vencedor está mais do que escolhido lá fora. Portanto, o António nomeia a Débora sistematicamente e a Débora continua a lamber-lhe os pés. É uma coisa que eu nunca vi na vida, acho estranhíssimo, acho comportamentos esquisitos, não são comportamentos que eu tenha, são comportamentos que eu acho, esses sim, falsos".

O lisboeta ripostou que se acha "mais forte" do que o colega e ressalvou que, "é nestas alturas que a verdade vem ao de cima". "Sinto que o António aproveita sempre estas oportunidades que o jogo lhe dá para dar mais uma tacada e depois quer que as pessoas estejam sempre bem com ele", rematou o arquiteto, recordando que o colega não o nomeou, na última gala, porque não podia — dado que Bruno conquistou imunidade, ao vencer a prova do líder. "Tu não te enxergas?", questionou António, rindo-se. "O Bruno adora dizer que levou uma chapada de luva branca do António, mas esquece-se que ele me fez exatamente a mesma coisa umas semanas antes", acrescentou, referindo-se ao facto já ter sido nomeado pelo companheiro.

A conversa prosseguiu com críticas mútuas. Como já é habitual em situações de conflito, Débora manteve uma postura serena, respondeu calmamente, confessando que a opinião do colega a entristeceu e que não compreendia por que estava a ser "metida ao barulho". "Já me disseram, anteriormente, que eu era manipulada pelo António, influenciada, etc. Eu acho que não tenho de provar nada a ninguém, se eu tenho pessoas que eu prefiro aqui dentro e que acho que são mais fortes no jogo, sim, sem dúvida, o António é uma delas. Não tenho que, por isso, ser intitulada como 'cão de trela', só porque me dou com ele e gosto de estar com ele." 

O atrito desencadeou-se na sequência de uma dinâmica, na qual os concorrentes estavam a ser analisados por um polígrafo, enquanto respondiam a questões colocadas pelo anfitrião da casa da Malveira. Na sala, os colegas avaliavam a veracidade das respostas, através de placas verdes e vermelhas. Mais tarde, no confessionário, António explicou o motivo de não considerar que Bruno merece um lugar na final. "Com as coisas que têm acontecido nas últimas semanas [referindo-se às discussões com o colega], achei que se, se fosse dizer que sim, ia ter muitas pessoas a virar a placa 'não' e, se dissesse que não, as pessoas, se calhar acreditavam mais e dava um melhor momento de televisão."

As imagens foram transmitidas e debatidas no "BB Extra" de quarta-feira, 1 de dezembro.

Débora e Rui dormem juntos e trocam carícias ao acordar

Numa semana em que Débora está em risco de abandonar o jogo, a proximidade a Rui Pinheiro tem-se acentuado. A jovem já assumiu o interesse no personal trainer e vontade de se envolver com ele, na casa do "Big Brother".

Os concorrentes estão a dormir juntos e, esta quarta-feira, 1 de dezembro, acordaram abraçados e trocaram carícias pela manhã. Os dois estão em missão, proposta pelo soberano e devem convencer todos de que se estão, realmente, a apaixonar um pelo outro.

Os sentimentos da cascalense não são segredo e Joana parece estar convencida da reciprocidade. Em conversa, o personal trainer confessou à jovem do Seixal que sente um "carinho especial" por Débora e uma "tensão sexual diferente", mas tenta não "confundir as coisas", dado que não querer magoar ou iludir a companheira.

Débora Neves, Joana Schreyer e Ricardo Pereira são os concorrentes em risco de expulsão no próximo domingo, 5 de dezembro. Como já é habitual, a MAGG abriu uma sondagem para saber quem é que os leitores preferem eliminar do jogo.

Responda à sondagem aqui.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.