A TVI tem motivos para sorrir. A nova edição do "Big Brother", que arrancou este domingo, 12 de setembro, venceu o formato rival da SIC "Quem Quer Namorar com o Agricultor?".

A gala conduzida por Cláudio Ramos e Manuel Luís Goucha, dividida em quatro segmentos, foi vista por 1,19 milhões de telespectadores e registou 29,6% de share.

O reality show da estação de Paço de Arcos, também dividido em quatro segmentos, foi visto por uma audiência média de 949 mil telespectadores e registou 22,3% de share. O regresso de "Isto é Gozar com Quem Trabalha", na SIC, liderou as audiências, com 1,6 milhões de telespectadores e 29,3% de share.

Nas contas totais do dia, a SIC liderou, com 19,3% de share, seguida da TVI, com 17,7% de quota de mercado. A RTP1 ficou-se pelos 8,4% de share.

"Big Brother". Conheça os 20 novos concorrentes da casa mais vigiada do País
"Big Brother". Conheça os 20 novos concorrentes da casa mais vigiada do País
Ver artigo

Apesar dos bons resultados, estes são os piores números registados numa estreia do "Big Brother" desde que o formato regressou à TVI, em abril de 2020. A estreia do "Big Brother 2020", a 26 de abril de 2020, foi vista por 1,31 milhões de telespectadores e registou 24,5% de share.

O arranque de "Big Brother - A Revolução", a 13 de setembro de 2020, foi acompanhado por 1,5 milhões de telespectadores e registou 30,3% de share.  A estreia de "Big Brother - Duplo Impacto", a 3 de janeiro de 2021, foi acompanhada por 1,259 milhões e registou 22,8% de share.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.