No jantar dos nomeados desta quinta-feira, 12 de novembro, o tema de conversa dos concorrentes em risco de abandonar o "Big Brother - A Revolução" foi a desistência de Rui Pedro. Joana, com quem o ex-concorrente mantinha conflitos, contou a Carlos e Pedro que se sente bem por ele não estar mais no jogo.

"Sinto-me muito bem por ele não estar aqui. E não é por saber se ele acha que sou falsa ou não", começou por dizer a designer aos colegas, acabando por ser alertada por Carlos para não falar de bullying, por ser um tema que dá muito que falar.

Mas Joana acabou por descartar o alerta do colega. "O bullying passa por insultares uma pessoa repetidamente e saberes que a estás a magoar repetidamente. Foi isso que eu senti na mesa e disse, foi isso que eu senti no domingo e disse, foi isso que eu senti na segunda, na terça e na quarta e disse", afirmou.

"Vocês não ouviam as bocas durante o dia, quando eu passava por ele. Coisas do género: 'agora, vou ter de piar baixo porque estas falsas aqui gostam que eu pie baixo'", replicou Joana. "Se eu não o magoei com nenhuma palavra, ele também não estava no direito de me magoar", acrescentou.

Rui Pedro. Dos comportamentos impróprios e nomeação direta à desistência do "Big Brother"
Rui Pedro. Dos comportamentos impróprios e nomeação direta à desistência do "Big Brother"
Ver artigo

"Uma coisa é eu discutir com a Andreia ou outra pessoa qualquer, outra coisa é ele gritar para mim e massacrar-me, que foi o que ele fez", explicou a designer, dando a entender que era "massacrada" pelo ex-concorrente.

Pedro tentou fazer ver a colega que talvez Rui Pedro estivesse desiludido e quisesse ser amigo dela. "Não entres por aí, ele não queria ser meu amigo. Pode dar a opinião dele e comentar, se não quer ser meu amigo... O que ele não gosta é que eu diga exatamente o que ele fez, por isso é que ele odeia quando vê imagens dele na televisão", rematou.

Veja aqui o momento.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.