Foi contra Rafael Teixeira que Ana Morina foi expulsa do "Big Brother". Uma semana depois, é o empresário de Fafe que abandona a casa. Em conferência de imprensa, sublinhou que foi "o pior jogador deste jogo", por não saber representar, mas mostrou-se orgulhoso por, por um lado, ter mantido a sua personalidade e, por outro, ter eliminado a executiva do jogo.

Susana Dias Ramos diz que Ana Morina "tem um tesãozinho" por Rafael
Susana Dias Ramos diz que Ana Morina "tem um tesãozinho" por Rafael
Ver artigo

O ex-concorrente garantiu que a semana sem a ex-concorrente de Murtosa "foi a melhor" e não acredita que esta tenha interpretado um papel. "A Ana Morina é aquela pessoa. (...) É impossível, dentro daquela casa, fazer uma personagem como ela fez. A Ana Morina é assim, os atos dela são assim cá fora", explicou, esta segunda-feira, 29 de novembro. Quando estavam os dois na casa da Malveira, Rafael foi sancionado por agressão verbal à colega, mas recusou-se a pedir desculpa. A vontade mantém-se e, aos jornalistas, afirmou que "preferia ter sido expulso" a desculpar-se.

"Tudo o que ela me fez, em nove semanas, para mim foi muito pior do que aquilo que eu lhe disse. Ela massacrou-me a cabeça de manhã à noite, ela gastou o meu nome. (...) Quando entrei para aquela casa disse que não me iria chatear ou ganhar rancor ou algum tipo de raiva por alguma pessoa e ela conseguiu que eu ganhasse isso por alguma pessoa, o que é muito difícil", contou Rafael, assegurando que esteve "muitos dos atos dela não passaram cá para fora" e que esteve "contido muito tempo".

Na perspetiva do empresário, "Ana [Morina] deve um pedido de desculpa, primeiro, a ela própria e, depois, deve um pedido de desculpa à casa". "Nunca mais quero falar com ela, nunca mais quero que ela fale comigo. Vou ter que a ver nas galas, mas tomara eu nunca mais ter que olhar para a cara dela. (...) Toda a gente, dentro daquela casa, sentiu o poço de maldade que ela tinha."

"Para mim a mulher não é um objeto. Nunca foi nem nunca será"

Durante a conferência de imprensa, Rafael clarificou que está "de consciência tranquila" em relação à sua passagem pelo "Big Brother". "Bem ou mal, só queria que falassem. Eu queria ser um ícone no programa e, para o bem ou para o mal, fiquei a sê-lo." Explicou que, à exceção de Rui Pinheiro e Ricardo, se sentia mais próximo do sexo feminino e que fazia parte da sua essência tratar as mulheres "como se fosse ficar com elas para o resto da vida".

Irmã de Rafael Teixeira esclarece comentários "machistas": "É a forma dele de ser bronco"
Irmã de Rafael Teixeira esclarece comentários "machistas": "É a forma dele de ser bronco"
Ver artigo

Sobre os comentários, alegadamente, machistas, esclareceu que, para si, "a mulher não é um objeto, nunca foi nem nunca será" e mostrou-se triste por ter sido apelidado de machista, na casa, por Ana Morina. "Eu era a primeira pessoa que estava, naquela casa, preocupado com as mulheres. (...) A própria [Ana] Morina sabia que isso não era verdade, mas quis passar uma imagem cá para fora muito errada. Ela tinha era inveja da forma como eu tratava as outras mulheres e não a tratava a ela".

Assegurando que tem o coração preenchido por "uma pessoa" que está fora da casa, Rafael sublinhou um carinho por Rita, que chamou de "irmãzinha".

Débora poderá ser a próxima a sair. "Ela cansa um pinheiro"

Além de Ana Morina, Rafael não pretende conviver com Débora, fora da casa. Na perspetiva do empresário, "faz coisas que são completamente incompreensíveis" que "nunca na vida vai admitir" e exemplificou: "É o facto de as pessoas tomarem banho de água fria para ela passar uma hora a tomar banho de água quente - porque isso acontecia, todos os dias -, é o facto de roubar comida, não tenho palavras para isso". O jovem sublinhou, ainda, "muito egoísmo", "falta de frontalidade, falta de coragem, falta de verdade".

"Ela cansa um pinheiro", ressalvou, garantindo que Rui não tem qualquer interesse na jogadora de Cascais. "A não ser, talvez, um bocadinho estratégia de jogo. A Débora consome muito a cabeça, diariamente e o Rui prefere rir-se do que se chatear. Ela não faz totalmente o estilo dele, em todos os aspetos. É completamente impossível."

Rafael acredita que Débora poderá ser a próxima a abandonar o jogo. Se, porventura, for um dos membros do casal, "isso só irá ditar a sentença daquela relação", dado que, "depois de saberem que os apoiantes votaram num ou votaram no outro, isso vai acabar por influenciar", explicou, afirmando que não vê um futuro no namoro, após o "Big Brother". Na casa, o empresário era bastante próximo de ambos e, aos jornalistas, garantiu que, para continuarem a ser namorados, "têm que mudar muito". "Uma coisa é estar dentro de uma casa, onde são obrigados a estar um com o outro. (...) Às vezes, pegavam-se por coisas insignificantes e, cá fora, isso não vai acontecer isso, porque vai cada um para seu lado e está feito." Ainda assim, acredita que Joana "sabe o que está a fazer, é uma estratega" e "tem muito mais força que o Ricardo", que se deixa "levar muito pelas emoções e não se consegue levantar quando perde uma batalhazinha".

Depois de assumirem namoro, Ricardo e Joana chateiam-se (e em dose dupla)
Depois de assumirem namoro, Ricardo e Joana chateiam-se (e em dose dupla)
Ver artigo

Em relação à final, gostava que Rui fosse o vencedor e acredita que tem potencial para isso, tal como António que, segundo afirmou, "nasceu para ganhar reality shows". "Ele sabe quando tem que atacar uma pessoa, sabe quando essa pessoa fica mais frágil, sabe quando as coisas jogam a favor dele, sabe quando não jogam."

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.