Uma empresa de alimentação está à procura de alimentos interessantes e pouco conhecidos para destacar nos seus pratos. Com esse objetivo, está a recrutar uma pessoa para viajar pelo mundo à procura desses ingredientes especiais. A oferta vem da VibrantVeganCo e, embora o candidato não precise de ser necessariamente vegan, pois a ideia da empresa é expandir o seu alcance, a base da descoberta serão sempre os vegetais. 

O candidato escolhido vai viajar para locais exóticos, como a Ásia, a América do Sul e a Europa Oriental, com voos e alojamento incluídos. O salário ronda os 58 mil euros, e as viagens têm a duração de quatro meses de cada vez. Além de experimentar novos alimentos e obter feedback, o candidato deverá, também, ajudar a criar parcerias.

O acordo é trabalhar 35 horas por semana, com turnos flexíveis, tendo ainda um pagamento total por doença e 28 dias de férias acrescido ao salário base.

O seu sonho é viajar pelo mundo? Então este trabalho é para si
O seu sonho é viajar pelo mundo? Então este trabalho é para si
Ver artigo

"Acredito que a inovação é a comida do coração, por isso quero que alguém com uma mente inovadora e criativa nos ajude a construir nossas receitas atuais" disse ao "The Mirror" Iain Burke-Hamilton, fundadora da empresa.

Para se candidatar ao emprego é preciso ter pelo menos três anos de experiência no ramo da alimentação ou a trabalhar como chef. Os candidatos pré-selecionados vão ser entrevistados e realizarão um teste de sabor interno, para ver se o seu paladar está "pronto para o zero".

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.