A vencedora irlandesa do EuroMilhões, Margaret Loughrey, ofereceu a cada familiar um milhão de libras (mais de um milhão de euros) antes de morrer. Margaret Loughrey tinha acabado de construir a sua casa de sonho, mas foi encontrada morta esta quinta-feira, 2 de setembro, noticia o jornal "Correio da Manhã".

Se ganhar o Euromilhões, pode ter uma destas casas de luxo. Se não ganhar, pelo menos sonhe
Se ganhar o Euromilhões, pode ter uma destas casas de luxo. Se não ganhar, pelo menos sonhe
Ver artigo

A irlandesa estava desempregada quando, em 2013, ganhou uma quantia de cerca de 25 milhões de euros, um dos maiores  prémios de sempre a ser ganhos no país. Após receber o prémio, Margaret afirmou, em entrevista à BBC, que pretendia partilhar o dinheiro com a família e amigos. "Não serve de nada ter 27 milhões [de libras] e ser solitária. O que me pode fazer feliz é que todos estejam felizes", disse, citada pelo "CM".

Além do dinheiro que deixou aos familiares, a mulher de 56 anos ofereceu ainda cerca de 5 mil euros a cada vizinho no seu concelho, escreve a TVI 24. Paul Gallagher, um vizinho e vereador local, disse ao jornal Belfast Telegraph que Margaret Loughrey tinha acabado de remodelar uma casa abandonada, que transformou na sua casa de sonho. Apesar de ter ajudado muita gente, o vereador disse que ganhar o prémio trouxe a Margaret boa e má exposição. Em 2019, numa entrevista ao Sunday Life, a vencedora afirmou que o dinheiro destruiu a sua vida, acrescenta o "CM".

Apesar de a morte não estar a ser tratada como "suspeita", a polícia referiu que uma autópsia será realizada para determinar a causa do óbito, escreve a TVI 24.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.