Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, anunciou que deu positivo para a COVID-19, depois de ter realizado o teste, avança o brasileiro "G1".

O chefe de estado, que sempre manteve uma postura particularmente controversa em relação ao cumprimento das medidas de segurança em torno do novo coronavírus, tinha, na segunda-feira, 6 de julho, revelado em declarações à "CNN" que estava com febre (38 graus), dores no corpo e dificuldades respiratórias (estava 96% de taxa de oxigenação no sangue), sintomas que o levaram a fazer o exame. 

Bolsonaro com febre, dores no corpo e tosse fez teste à COVID-19. Resultado conhece-se hoje
Bolsonaro com febre, dores no corpo e tosse fez teste à COVID-19. Resultado conhece-se hoje
Ver artigo

O presidente do Brasil, com 65 anos, também fez uma ressonância magnética aos pulmões, tendo o resultado demonstrado que "estava limpo" — ou seja, sem qualquer problema. Revelou também que está a tomar hidroxicloroquina, medicamento utilizado para tratar a malária e doenças anti-inflamatórias.

O lider disse ainda que se sentia "perfeitamente bem", apesar de ter sido contagiado com o vírus. A sua agenda para esta semana foi cancelada.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.