Há um novo anúncio natalício a emocionar o mundo inteiro. E porque é impossível ignorar a conjuntura atual, também este tem que ver com a pandemia e os seus efeitos na população. Nesta nova campanha, lançada por uma empresa farmacêutica holandesa, a DocMorris, o vídeo de quase três minutos mostra um homem idoso isolado na sua casa devido ao surto da COVID-19 e a treinar com uma kettlebell.

Nos primeiros segundos de vídeo, no entanto, não se percebe exatamente o que o motiva a que, todos os dias, se levante da cama para treinar a força de braços. Mas é isso que faz uma e outra vez, sempre com a fotografia de alguém à sua frente — e cuja identidade é ocultada ao espectador até ao último segmento do vídeo.

Se o Pai Natal vivesse em Portugal, era esta a sua casa
Se o Pai Natal vivesse em Portugal, era esta a sua casa
Ver artigo

Percebe-se rapidamente, porém, que é essa fotografia que lhe dá toda a motivação necessária, mesmo quando o treino parece não resultar e a força vai-se perdendo entre estações. Mas este homem nunca desiste. No final, percebemos porquê.

É que depois dos vários dias de treino, este homem desloca-se até à casa da sua família para passar o Natal com a filha e a neta depois de vários meses em isolamento. Quando a sua neta o vê, o homem é capaz de, devido aos treinos com a kettlebell, pegá-la ao colo e elevá-la para que esta consiga pôr, na árvore de Natal, uma estrela dourada que o avô lhe ofereça momentos antes.

O anúncio termina com o slogan: "Para que possa tomar conta daquilo que, de facto, importa na vida." A escolha de palavras não é ao caso.Na descrição do seu anúncio, a empresa escreveu que este era o ano em que o melhor presente para todos era a saúde.

"Este ano, o melhor presente que pode dar é estar bem e com saúde. É por isso que a sua saúde é uma questão que nos interessa muito. Especialmente no Natal, para que possa tomar conta daquilo que, de facto, importa na vida: passar bons momentos com a sua família e com as pessoas que lhe são próximas. A DocMorris deseja-lhe uma feliz celebração natalícia", escreveu a empresa.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.