A conferência de imprensa após o Conselho de Ministros desta quinta-feira, 15 de julho, não começou de forma animadora. "A situação continua a degradar-se", afirmou a ministra de Estado e da Presidência Mariana Vieira da Silva. Da reunião desta quinta-feira, destacou-se a aprovação de um decreto-lei que permite a venda de autotestes nos supermercados (e não apenas em farmácias).

Atualmente, Portugal continental "tem uma incidência de 346,5 casos por 100 mil habituantes e um ritmo de transmissão de 1,15", revelou a ministra. Contudo, nem tudo são más notícias, uma vez que o ritmo de transmissão é agora mais baixo do que na semana passada.

De qualquer modo, o País continua na zona vermelha da matriz de risco e até houve um aumento de concelhos em risco elevado de contágio por COVID-19. São agora 43 concelhos em risco elevado (face a 27 na semana passada) e a maior parte está na zona centro, norte, Alentejo e Algarve. No que diz respeito aos concelhos de risco muito elevado, são agora 47 (mais 14 do que os registados na última quinta-feira).

COVID-19. Há mais 5 mortes e 3.641 novos casos de infeção em Portugal
COVID-19. Há mais 5 mortes e 3.641 novos casos de infeção em Portugal
Ver artigo

Para os concelhos de risco elevado e muito elevado, mantém-se a limitação de circulação na via pública a partir das 23 horas, teletrabalho obrigatório, bem como as regras aprovadas e anunciadas na semana passada relativamente ao acesso aos restaurantes ao fim de semana. Ou seja, é necessário apresentar teste negativo à COVID-19 ou certificado digital para usufruir de refeições no interior dos estabelecimentos às sextas-feiras a partir das 19h e aos sábados, domingos e feriados durante todo o dia.

Tendo em conta que o número de concelhos em risco elevado e muito elevado sofreu um aumento, passam agora a ter de apresentar teste negativo ou certificado à entrada de um restaurante um total de 90.

Já em situação de alerta, encontram-se 30 concelhos, e alguns dos que entraram na lista são da região norte e do Alentejo interior.

As novas medidas, bem como a lista de concelhos e a respetiva classificação de risco, já estão disponíveis na plataforma do governo para a COVID-19. Veja aqui em que situação se encontra o seu concelho.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.