Desde sexta-feira passada (10 de junho) que Portugal tem testemunhado uma onda de calor proveniente do norte de África. As temperaturas altas parecem ter vindo para ficar nesta semana que conta com mais um feriado — o Corpo de Deus, que acontece na quinta-feira, 16 de junho.

Mesmo a pedir ponte, este feriado deverá ser bem quente. De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a Beira Baixa, o interior do Alentejo e os vales do Tejo e do Douro vão registar temperaturas de 40ºC ao longo da semana.

Este verão, tire as melhores fotografias na piscina com uma destas 20 boias — desde os 6€
Este verão, tire as melhores fotografias na piscina com uma destas 20 boias — desde os 6€
Ver artigo

Em Lisboa e no Porto o calor vai ser mais moderado. Na capital, os termómetros chegarão aos 36ºC, com algum céu nublado. No Porto, poderão atingir os 30ºC. Ao longo da costa, a temperatura vai variar entre os 25 e os 30ºC, sendo expectável algum vento da parte da tarde.

Estes valores levaram o IPMA a manter, até às 18 horas de terça-feira, seis distritos sob aviso laranja: Bragança, Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Évora e Beja. Este aviso significa uma situação meteorológica de risco moderado a elevado. O risco de incêndio existe desde a semana passada.

Saiba como se proteger do calor *

  • Aumentar a ingestão de água, ou sumos de fruta natural sem adição de açúcar, mesmo sem ter sede;
  • Evitar bebidas alcoólicas e bebidas com elevados teores de açúcar;
  • Devem fazer-se refeições leves e mais frequentes. São de evitar as refeições pesadas e muito condimentadas;
  • Sempre que possível, diminuir os esforços físicos e repousar frequentemente em locais à sombra, frescos e arejados. Evitar atividades que exijam esforço físico;
  • Usar roupa larga, leve e fresca, de preferência de algodão;
  • Permanecer duas a três horas por dia num ambiente fresco, ou com ar condicionado;
  • Se não dispõe de ar condicionado, visite centros comerciais, cinemas, museus ou outros locais de ambiente fresco;
  • No período de maior calor tome um duche de água tépida ou fria;
  • Evitar a exposição direta ao sol, em especial entre as 11 e as 17 horas;
  • Sempre que se expuser ao sol, ou andar ao ar livre, use um protetor solar com um índice de proteção elevado (igual ou superior a 30) e renove a sua aplicação sempre que estiver exposto ao sol (de 2 em 2 horas);
  • Ao andar ao ar livre, usar roupas que evitem a exposição direta da pele ao sol, particularmente nas horas de maior incidência solar. Usar chapéu, de preferência, de abas largas e óculos que ofereçam proteção contra a radiação UVA e UVB;
  • Evitar a permanência em viaturas expostas ao sol, principalmente nos períodos de maior calor, sobretudo em filas de trânsito e parques de estacionamento;

* recomendações da Direção Geral da Saúde

Pode encontrar mais informações sobre como enfrentar ondas de calor aqui.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.